Trufas de chocolate (cruas) / Chocolate truffles (raw)

Apesar de chamar trufas a estas pequenas bolinhas de chocolate (que parece ser o nome mais popular desta receita), acredito que se assemelham bem mais a brigadeiros ou praliné do que proprimente a trufas, que têm uma consistência bem mais dura. As pequenas bolinhas que eu fiz são apenas feitas de ingredientes naturais, não tem açúcar refinado e por isso são provavelmente as trufas mais saudáveis que eu já comi, são também veganas e crudívoras, para além de serem viciantes. Esta receita é especialmente destinada aos amantes do cacau, porque estas trufas, de textura suave, têm aquele travo amargo do cacau. Recomendo para aqueles que não gostarem tanto do amargo do cacau adicionarem um pouco de agave e talvez reduzirem no cacau.

Nota: Esta receita requer um processador de alimentos de qualidade razoável porque as tâmaras são muito pegajosas e duras, por isso a massa inicialmente é difícil de triturar. Talvez não seja má ideia adicionar as tâmaras uma a uma e cortadas em pedaços.

Trufas de chocolate

(rende cerca de 20 trufas)

½ chávena, de tâmaras sem caroço (são cerca de 8 tâmaras, e se forem muito secas demolhe-as durante algumas horas, umas 4 horas devem ser o suficiente)
1 chávena de avelãs (aqui podem ser criativos e escolher os vossos frutos secos preferidos como amêndoas, nozes, cajús ou uma mistura de todos!)
4 colheres de sopa de cacau crú (ou cacau normal)
2 a 3 colheres de sopa de água
1 colher de sopa de agave, ou outro adoçante natural como mel (opcional)

Num processador de alimentos junte as avelãs e as 4 colheres de cacau, triture, e enquanto a máquina estiver em funcionamento adicione as tâmaras uma a uma. Depois de adicionar todas as tâmaras (e de ficar ensurdecido), verifique que a massa está bem triturada, sem pedaços de avelãs ou de tâmaras, e com a máquina novamente em funcionamento adicione a água e o adoçante. A massa deve estar maleável e pegajosa de modo a que seja possível moldar as pequenas bolinhas.

Coloque num prato mais cacau. Com a ajuda de uma colher de chá molde as as trufas e passe-as no cacau. Também recomendo que sejam cobertas com amêndoa moída ou coco ralado para cortar o sabor do cacau. Depois de moldadas as bolinhas, guarde-as no frigorífico para ficarem um bocadinho mais durinhas e estão prontas a comer!

Translation

These soft truffles are only made of natural ingredients, with no artificial sweeteners (so probably they are the healthier truffles I’ve ever eaten), they are also vegan and raw, and they are quite addictive. This recipe is especially designed for cocoa lovers, because these smooth truffles have that bitter taste of cocoa that I love. I recommend for those who do not like this bitter taste to add a bit of a natural sweetener and to reduce the cocoa.

Note: Dates are very sticky and hard, so initially they will be difficult to grind with the nuts. Maybe you should add the dates one by one or even cut into pieces, to make it more easier to blend.

Chocolate Truffles

(Makes about 20 truffles)

½ cup dates, pitted (about 8 dates.) Note: If the dates are too dry you should soak them for at least 4 hours
1 cup hazelnuts (you can choose other nuts such as almonds, walnuts, cashews or a mixture of both, be creative!)
4 tablespoons of raw cacao (or regular cocoa)
2-3 tablespoons water
1 tablespoon of agave, or other natural sweetener like honey (optional)

In a food processor add the hazelnuts and cocoa, and while the machine is running add the dates one by one. After adding all the dates, make sure the dough is well grounded, with no pieces of hazelnuts or dates, and with the processor running again, add the water and sweetener (if using). The dough should be sticky and should hold its shape when rolled into small balls.

Place some cacao in a plate. With the help of a teaspoon, shape small amounts of the dough into small balls. Roll the truffles in the cacao powder, coating completely the surface of the balls. You can also coat the cacao balls in shredded coconut or chopped almonds. Store the truffles in the refrigerator.