Viagem a Amesterdão + Scones de maçã

Nos últimos dias ausentei-me do mundo dos blogs, para viajar até Amesterdão. Agora, já de volta às terras Portuguesas, aproveitei para vos mostrar um pouco do que mais gostei.1
Talvez o que mais tenha gostado tenha sido do próprio ambiente da cidade. Fugindo ao centro turístico, vi casas com séculos separadas por canais de água, de uma arquitetura única, e extraordinariamente bem preservadas. Todos os canais eram acompanhados por passeios e atravessados por pontes, que se faziam cruzar por milhares de bicicletas diariamente. Como a própria cidade era abrangida por vários tipos de transportes públicos, no geral, Amesterdão era uma cidade limpa, e com ar verdadeiramente respirável.
2
A nível cultural saliento o Museu de Van Gogh e o Rijksmuseum, o primeiro para conhecer a vida e a obra do expressionista, e o segundo para conhecer melhor o passado da Holanda. Também vos aconselho a visitar um dia a casa museu de Anne Frank. Para quem já leu o livro, e conhece a história verídica, é imprescindível vivenciar e sofrer um pouco com a experiência no próprio anexo.
3
Realço também o Concertgebouw, o mercado de flores flutuante, a feira de Albert Cuyp, (um mercado ao ar livre onde encontrei pão tradicional, escuro de fermentação natural a preço acessível e de ótima qualidade!), e os imensos parques verdes da cidade. O da penúltima foto, é o meu preferido, o Voldenpark. Aconselho a todos a dar um passeio pela cidade em duas rodas, e passar por este parque. E talvez, a fazer um piquenique.
4
Como estudante, sempre que viajo, o orçamento é curto, e portanto, para aproveitar o melhor da cidade, temos de cortar em alguns caprichos de turista. Todos os dias levamos o almoço de casa, geralmente sandes de hummus para mim, a variar entre outros petiscos veg, que se faziam rapidamente no dia anterior.

Notei que o povo holandês parece ter alguma preocupação com a origem dos seus alimentos. A abrangência dos produtos biológicos nos mercados comuns, o pão cuja farinha é moída nos moinhos tradicionais, e até a venda de produtos animais (carne, queijo…), que afirmavam ser locais. E, ao mesmo tempo, o paralelo com os preços. Faz-me crer que se no nosso país as pessoas se preocupassem mais com a origem do que consomem, o mercado poderia ser bem diferente.
5
Voltando ao assunto da comida, Amesterdão oferece o que comer para toda a gente, devido à sua multiculturalidade gastronómica. Mas talvez o que mais gostei de comer foi mesmo a tradicional Appeltaart, uma tarte de maçã, bem carregada de fatias de maçã e algumas passas. Também gostei das Dutch pancakes, umas panquecas que se assemelham a crepes, na Pancakes!.

Se por acaso não tiveram tempo de fazer sandes no dia anterior, dêem um salto ao Stach (foto de cima), onde podem encontrar comida pronta veg e não veg, saudável, e também alguns doces. Devo também mencionar que no único dia em que fomos jantar fora, ao WoestAmsterdam, fui servida com uns soba noodles deliciosos e totalmente vegan, num restaurante para todos os gostos.
6
Por fim, adorei conhecer a loja Hemp Works. É a primeira loja na Europa que só vende produtos de cânhamo, especialmente roupa, e alguns cosméticos. Comprei pela primeira vez roupa bio feita de cânhamo, e não era muito fora de preço.
Amsterdam
Para termina agradeço à minha companhia de sempre nestas viagens, e à Margje pelo apartamento acessível e com excelente localização!

Já não partilhava nada há algum tempo, e é raro postar alguma coisa sem uma receita, por isso junto com minha reportagem da viagem, decidi publicar uma receita de scones.

scones de maçã e aveia // apple oat scones

Mesmo antes de partirmos, pensei em fazer uns doces para a viagem, afinal, o voo, mais o transporte de autocarro de Eindhoven a Amsterdam, era bem capaz de nos dar muita fome. Fiz 6 scones na manhã do dia anterior. Acontece que na noite do dia anterior ao voo já não havia nenhum scone, e preparamos sandes.

A receita foi adaptada do blog The First Mess, que por sua vez é adaptada do livro Babycakes NYC.

Scones de maçã e aveia (sem lactose, vegan)
Faz 6 scones

1 chávena de farinha de aveia
1 chávena de farinha de trigo branca, ou integral se preferirem
1 colher de sopa de baking powder
½ colher de chá de sal
½ colher de chá de canela em pó
1/3 chávena (80ml) maple syrup ou mel
1/3 chávena (65g) óleo de coco, ou 80ml de outros óleos vegetais
¼ chávena (40ml) água morna
1 chávena de maçã em cubos

Misture os ingredientes sólidos numa taça. À parte, misture o maple ou mel, e a gordura que utilizarem. Misture o líquidos à taça dos ingredientes sólidos e mexa bem. Junte a água morna, mexa, e junte por fim a maçã em cubos.
Amasse levemente a massa dos scones numa superfície enfarinhada para formar um círculo. Transfira o círculo para uma forma com paple vegetal, e corte o círculo em 6.
Leve ao forno durante 20 minutos a uma temperatura de 200ºC. Assim que os scones estiveram dourados, retire do forno, e deixe arrefecer.

scones de maçã e aveia // apple oat scones

Recipe in English

The recipe was adapted from this recipe from The First Mess, which was also adapted from Babycakes NY cookbook.

Apple and Oat Scones (lactose free, vegan)
Makes 6 scones

1 cup oat flour
1 cup of wheat flour
1 tablespoon baking powder
½ teaspoon salt
½ teaspoon ground cinnamon
1/3 cup (80ml) maple syrup or honey
1/3 cup (65g) coconut oil or other vegetable oil (80ml)
¼ cup (40ml) warm water
1 cup apple in cubes

Mix the dry ingredients in a bowl. Separately, mix the maple or honey, and oil. Combine the liquid ingredients to the dry ingredients bowl and stir. Add the warm water, stir, and finally add the apple in cubes.
Knead the dough lightly scones on a floured surface to form a circle. Transfer the circle to a baking pan with lined with parchment paper, and cut the circle into 6.
Bake for 20 minutes at a temperature of 200 ° C. Once the scones are golden brown, remove from oven and let cool.

scones de maçã e aveia // apple oat scones

11 comments

  1. Que viagem tão boa e óptimo relato com dicas veggies preciosas! Quero muito ir à Holanda, mas no tempo nas túlipas :)

    Esses scones têm um ar mesmo delicioso, não admira que não tenham durado muito tempo! ;)

    **

  2. Ainda não tinha visto a tua reportagem!! :D eheh. Muito boa mesmo!! Um dia tenho que ir a Amsterdão :)) tda a gente q lá vai adora. Da receita de scones, 3 palavras apenas: ÁGUA NA BOCA! :p maçã e canela e outra combinação q tmb não consigo resistir!! x)) acho que temos gostos mesmo muito semelhantes para os docinhos!! Lambareiraass :pp ahaha

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>