Por tentativa e erro

Soba noodles with tempeh and vegetables
Durante estes últimos 3 ou 4 anos em que me aventurei na cozinha vegetariana, devo ter experimentado mais ingredientes diferentes, do que no resto da minha vida. Tudo começa por tentativa e erro, e acreditem, cometi imensos erros com ingredientes e em receitas que até são simples, e fiz coisas intragáveis. Aprendi com os erros, e descobri que a persistência é aliada do conhecimento.

Um bom exemplo da minha persistência é o tempeh. Maldito ingrediente da culinária asiática, que só consegui dominar muito recentemente.

Tudo começou há alguns anos, quando, na pesquisa de fontes de proteína vegetais em inglês, encontro “tempeh (100g) – 19g”. Pesquisei algumas receitas em inglês, e descobri que estava condenada ao falhanço. A maioria das receitas continham ingredientes de nome complicado, que na altura não conhecia, “maple syrups, soy sauce, sriracha, ginger, miso (…), o que é isto?” entre outras coisas, que a maioria das pessoas nem imagina que existem. Ainda assim, resolvi experimentar com alguns temperos que tinha por casa. Na minha primeira experiência com esta proteína vegetal obtive um tempeh fatiado com molho de laranja intragável. Na segunda experiência, resolvi fazer uns hambúrgueres com batata-doce, e novamente, apesar da consistência estar excelente para um hambúrguer vegetal, o sabor amargo do tempeh estava lá. Alguns meses mais tarde, enfrentei de novo este produto, mas desta vez cozi-o em água, fiz uma marinada, e fritei-o. Finalmente o tempeh tinha perdido aquele sabor amargo, apesar do sabor característico estar presente, mas envolvido em aromas como o gengibre, e sabores doce, salgado do molho de soja e ácido da lima. O que me levou a partilhar esta receita convosco.
Soba noodles with julienne vegetables and tempeh
Mas afinal, o que é tempeh? É um produto feito a partir de grãos de soja fermentados. Considero-o uma boa fonte de proteína vegetal porque é pouco processado, apenas consiste nos grãos de soja juntos, e o facto de ser fermentado, vai aumentar a digestibilidade das suas proteínas, a absorção de nutrientes.
Por 100g, o tempeh tem cerca de 190kcal, 19g de proteína, poucos hidratos de carbono, 11g de gordura, na sua maioria mono e polinsaturada, e cerca de 10g de fibra. É uma boa fonte de vitamina B2, B3 e B6, assim como dos minerais Manganês, Magnésio, Ferro, Cobre e Fósforo. Pode até ser mais proteína vegetal mais interessante nutricionalmente do que o tofu, porque tem um menor processamento, maior quantidade de micronutrientes, e pode ser digerido mais facilmente, mas no final tudo se resumo ao sabor. Para quem não gosta do tofu por não ter sabor ou textura, acho que deve experimentar o tempeh, tem um sabor característico forte, e uma textura que eu considero ser mais agradável. Para quem já experimentou tempeh, e não gostou do sabor amargo, mas até dava uma 2ª oportunidade, então porque não experimentar esta receita?
Soba noodles with tempeh and vegetables

Soba noodles com tempeh, vegetais e molho de gengibre e lima
Serve 2

Cerca de 60 a 80g de soba noodles
1 cenoura
½ courgette
2 chávena de brócolos
100 a 125g de tempeh (metade de um bloco)
Sementes de sésamo
Coentros frescos
Sal
Azeite

Molho asiático de gengibre e lima
1 colher de sopa de molho de soja
2 colheres de sopa de azeite (ou óleo de sésamo)
1 pedaço de gengibre do tamanho de uma noz, descascado e raspado
Sumo de 1 lima
1 colher de sopa de açúcar ou adoçante natural à vossa escolha
¼ colher de chá de piripiri

Prepare os vegetais, lavando-os, descascando a cenoura, e cortando-os em juliana. Para facilitar este processo, pode usar um descascador que corta em juliana.
Coza o tempeh durante 10 minutos em água a ferver. Corte em fatias e reserve.
Coza os noodles durante 5-7 minutos em água temperada com sal e azeite. Escorra a água dos noodles, e passe-os por água fria, para não colarem.
Coza os brócolos a vapor até ficarem cozidos mas durinhos, ou em água a ferver durante 3 a 4 minutos, temperada com sal e azeite.
Prepare o molho e coloque num wok (ou noutra panela para saltear), até ficar bem quente. Junte as fatias de tempeh, e deixe fritar durante alguns minutos as faces do tempeh, para absorver o sabor do molho, e ficar com uma textura mais agradável. Junte os vegetais e os noodles. Mexa tudo muito bem, para o molho envolver os vegetais e os noodles, mas sem cozer em demasia os vegetais, preservando o toque crocante dos vegetais em juliana. Ajuste o sal e os temperos a gosto, junte sementes de sésamo e coentro frescos picados e sirva.
Soba noodles with tempeh

Recipe in English

Soba noodles with tempeh, vegetables and ginger lime sauce
Serves 2

60 to 80g soba noodles
1 carrot
½ zucchini
2 cups broccoli, chopped
100 to 125g of tempeh ( half a block)
Sesame seeds
Fresh coriander
Olive oil
Salt

Ginger lime sauce
1 tablespoon soy sauce
2 tablespoons sesame oil
1 piece of ginger (the size of a walnut), peeled and grated
1 lime, juiced
1 tablespoon natural sweetener of your choice
¼ teaspoon chili powder

Wash the carrot and zucchini and peel the carrot. Slice these vegetables into long, thin strips with a julienne peeler.
Cook the tempeh for 10 minutes in boiling water. Cut into slices and set aside.
Cook the noodles for 5-7 minutes in salted water with a drizzle of olive oil. Then drain and briefly rinse under cool water.
Cook the broccoli florets in boiling salted water for approximately 3-4 minutes.
Prepare the sauce, and heat it in a wok. Add the tempeh slices, and fry the slices in the sauce for a few minutes. Add the vegetables (broccoli, zucchini and carrot) and soba noodles. Combine everything. Adjust salt and seasoning to taste. Toss in the chopped cilantro and toasted sesame seeds, and serve.

15 comments

  1. Até agora ainda não me atrevi a comprar tempeh :) Há uns tempos atrás guardei uma receita de uns pasteis de tempeh e grão do Veggiesonthecounter para experimentar, mas ainda não os fiz. Como adoro sabores asiáticos esta tua receita também me atrai muito, acho que tenho de ganhar “coragem” e comprar esse ingrediente estranho!
    Beijinhos

  2. Aconteceu-me exactamente o mesmo com o tempeh. É um ingrediente muito interessante mas nada fácil de combinar. Até agora só consegui torná-lo comestível em caril e frito, através de uma receita indonésia que arranjei e adaptei (hei-de publicá-la brevemente). Ainda assim fico sempre com a sensação que é possível fazer melhor.
    Vou experimentar esta receita.
    Beijinhos,
    Sophia.

  3. Sugiro colocar o tempeh cortado em cubos ou fatias numa marinada de vinho branco, alho em pó,uma folha de louro e massa de pimentão por cerca de uma a duas horas, pelo menos. Colocar num recipiente de vidro e levar ao forno junto com a marinada (não convém ter muito liquido) quando começar a ficar tostado retirar e voltar pedaço a pedaço e colocar novamente no forno até estar com a aparência de carne assada. Servir a acompanhar umas migas de feijão frade com couve (ou grelos) e broa de milho (ou pão alentejano). Tenho feito o tempeh desta forma e até à data não houve queixas.

  4. olá Márcia, descubri á pouco tempo o teu blog e já sou fã. também me tornei vegetariana à uns meses e ainda estou a descubrir receitas e estou mortinha por experiementar algumas aqui, e fiquei curiosa em relação ao tempeh XD só não consigo encontar alguns dos ingredientes que usas com facilidade..onde posso comprar soba noodles?

  5. Gosto tanto de ver as coisas que fazes!
    O tempeh ainda nao experimentei, precisamente com receio de nao o conseguir fazer bem, temperar, combinar. Mas adoro estes sabores asiáticos :)
    Um beijinho.

  6. Parece-me bem, mas confesso que estou pouco encorajada a tentar devido aos meus falhanços com tempeh, nunca consegui que ficasse alguma coisa comestível. (Embora tenha comido sempre o que fiz, mas não ficando muito satisfeita) Mas se dizes que é bom um dia quando me sentir corajosa vou tentar cozinhar de novo Tempeh! :) Obrigada pela partilha!
    Beijinhos
    James

  7. Aventurei-me hoje pelo maravilhoso (e amargo) mundo do tempeh e não correu bem, tal como as tuas primeiras experiências. Que sabor amargo e intenso. Tinha feito uma marinada com molho de soja, azeite, pimentas e noz moscada e depois ainda juntei umas natas… Tinha um ar delicioso, mas lá estava aquele sabor um pouquinho acima do aceitável… Daqui a tempos experimento com esta tua receita. E parabéns pelo blog, é uma maravilha, para o coração e para os olhos :)
    Inês

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>