Search Results for: tarte

Tarte de tomate-cereja e húmus


Gostava de vos ter trazido novidades mais cedo, mas as circunstâncias mudaram desde as últimas publicações, e admito que tive dificuldade em manter este hábito diário de organizar as ideias de receitas, colocá-las em prática e passá-las até vocês. Agradeço a quem teve a preocupação de enviar mensagens e e-mails neste período, e a quem ajudou a manter o blog ativo, através das visitas, partilhas, comentários e partilha dos resultados de receitas que foram colocando em prática.
Posto isto, achei que estava na altura de recomeçar a página, e dar-vos a novidade de que está prevista em outubro a publicação do livro de receitas que partiu deste projeto!


Agora, passando à descrição da receita. A receita partiu de uma ideia que ficou por concretizar durante o planeamento de um workshop. E ficou guardada até bem recentemente, quando o início da época do tomate pareceu justificar colocar, finalmente, a ideia em prática.

Não estimem a complexidade da receita pelo tamanho do procedimento. O único passo mais crítico é apenas o manuseamento da massa filo, para quem não está familiarizado com a sua utilização. Neste caso, poderá encontrar uma sugestão para manter a hidratação da massa no procedimento.
Utilizei apenas ½ pacote de uma embalagem de 120g de massa filo mas, para esta quantidade de recheio, poderiam ser utilizados 100 a 120g, para obter uma base mais consistente. Ainda sobre a massa filo, como depois de confecionada tende a ficar menos estaladiça com o passar do tempo, sugiro que a tarte seja imediatamente servida.

A pensar na massa filo crocante, o recheio tinha de ser cremoso e saboroso, e por isso utilizei o húmus de leve sabor a citrinos, coberto de tomates-cereja que rebentam na boca de sabor, e alguns pinhões tostados que também fornecem alguma textura à tarte, e conservam o sabor amargo característico dos frutos gordos. Os pinhões podem ser omitidos ou, substituídos por azeitonas cortadas ou frutos gordos do vosso gosto.


(mais…)

Tarte de limão

Limoeiro
Recentemente recebi a sugestão de uma leitora da página de partilhar sobremesas mais frescas. Imediatamente verifiquei a inexistência de sobremesas nesta página com lima ou limão, ou sobremesas que utilizassem principalmente frutas. Admito que gosto muito mais de sobremesas ricas, com chocolate, mas depois de ter posto esta tarte em prática, achei que talvez fosse igualmente tentadora, e mais adequada para a estação que se aproxima.

Tarte de limão5.1
Aproveitei as receitas de outras tartes que já vos partilhei para fazer a base, por isso, esta não será uma novidade nesta receita. O recheio, por sua vez, é uma deliciosa combinação de sabores doce e amargo, de aromas frescos do limão, e com uma boa consistência devido à utilização do amido de milho e leite de coco.

Tarte de limão6.2
Não resisti em juntar amêndoas e coco laminados, para um toque crocante, mas são opcionais. Para os leitores mais audazes na cozinha vegetariana, sugiro que experimentem também finalizar a tarte com um merengue de aquafaba, para um resultado final com um aspeto para lá de fantástico, e capaz de surpreender os mais sépticos da culinária vegetariana. Ou, se gostam da ideia de uma sobremesa mais fresca, porque não, acompanhar a tarte de uma bola de gelado de baunilha e umas folhas de menta?
As sugestões de apresentação desta receita podem ser várias, mas prometo que a base da tarte e o recheio simples são, por si só, deliciosos.

Tarte de limão9
(mais…)

Tarte de banana, chocolate e avelã

Olhando para a página das Sobremesas, tartes são provavelmente algo que não falta neste blog. E as opções de receitas até variam segundo as estações, grau de dificuldade ou de gulodice. É claro que o objectivo deste blog não era propriamente a partilha de tantas sobremesas, mas algures na minha rotina, gosto de ocasionalmente, uma ou duas vezes por mês, fazer um doce pensado ao pormenor, segundo o meu gosto (que de uma forma redundante não foge muito a qualquer coisa com cacau ou chocolate). Adoro cozinhar, por isso tento manter o equilíbrio entre a paixão pela cozinha, com o conhecimento de uma alimentação saudável, e o que me faz sentir bem todos os dias, com o prazer de preparar algo novo e delicioso.

Prosseguindo com a receita que vos partilho neste artigo… Acho que se gostam tanto de fazer tartes como eu, têm mesmo de experimentar esta receita! É provavelmente uma das melhores sobremesas que já fiz, e vão ver que apesar desta receita ter uma execução um pouco demorada, valerá totalmente a pena.

banana chocolate hazelnut pie1
Começando pela crosta, que embora tenha como ingredientes principais tâmaras e aveia, consegue ser crocante, não se desfaz, nem tem quantidades exageradas de gordura. É uma base simples para as camadas gulosas que se seguem.

A camada seguinte de chocolate e avelã foi uma descoberta recente. Uma técnica partilhada pela Angela Liddon do blog Oh She Glows, que mimetiza um creme suave, quase como uma mousse, mas que serve de cobertura. Contém apenas 2 ingredientes a receita original, mas eu ajustei as quantidades dos mesmos para uma textura mais leve, e que não serve tanto o propósito de cobertura. Juntei ainda manteiga de avelã e um pouco de baunilha. Utilizando chocolate negro (com 70% de cacau) , posso obter um sabor no creme ainda mais intenso e rico, e que é completado pelo sabor ligeiramente amargo e torrado da manteiga de avelã.

banana chocolate hazelnut pie6
A camada de banana é o que torna esta tarte realmente diferente, e dá até um sabor fresco, que contrasta com o amargo do cacau e das avelãs, mas ao mesmo tempo também liga as camadas suaves de chocolate e do chantilly de coco. Mas não pude deixar de pensar, depois de saborear cada garfada de todas as camadas da tarte, se morangos ou outras frutas frescas laminadas não ficariam igualmente bem ou melhor. Sem dúvida algo a experimentar noutra época.

Por fim, finalizei a tarte com chantilly de coco, já apresentado algumas vezes no blog, avelãs tostadas (na sertã, sem gordura, e com a pele posteriormente removida), e umas raspas de chocolate.

banana chocolate hazelnut pie9

(mais…)