About Márcia Gonçalves

http://compassionatecuisineblog.com/

22 anos, Vila Nova de Gaia, estudante de Ciências da Nutrição.

Posts by Márcia Gonçalves:

Cogumelos recheados


Domingo passado tive oportunidade de realizar um workshop na Work – espaço criativo, cujo tema foi finger food. No planeamento das receitas para este evento apercebi-me que até agora nunca explorei muito esta temática no blog, e que a página poderia beneficiar de mais receitas de aperitivos, e de diferentes formas de apresentação de algumas receitas já partilhadas. Assim, no próximo mês, estou a pensar partilhar uma compilação desta ideias e novas receitas de aperitivos. Entretanto, deixo-vos uma das receitas que foi elaborada neste evento.

Esta receita de cogumelos recheados foi uma alegre surpresa. A combinação dos elementos fornecedores de sabor e aroma (alho, tomate seco, salsa e vinagre balsâmico) resultou num recheio saboroso, e a adição de pão ralado, depois de levado ao forno dá um toque crocante que contrasta bem com a base macia dos cogumelos assados.

Os cogumelos recheados devem ser feitos preferencialmente no mesmo dia em que são servidos e, se possível, devem ser servidos mornos. Se ponderam fazer esta receita para um jantar com alguma antecedência, sugiro que façam o recheio primeiro (no dia anterior, por exemplo) sem adicionar o pão ralado. Uma ou duas horas antes do jantar ou lanche, envolva o pão ralado no recheio, recheie os cogumelos, e leve ao forno, tal como descrito na receita.

(mais…)

Pão de centeio, alfarroba e nozes

editada-dsc_2363
Na última publicação do blog, anunciei que estava a desenvolver um livro de culinária vegetariana. Desde então, este projeto tem-me impedido de vos trazer receitas novas nos últimos 3 meses e, por isso, algumas novidades ficaram por contar. Pouco tempo depois da última publicação, defendi a tese de licenciatura, concluindo assim a minha formação em Ciências da Nutrição. Agora aguardo a minha inscrição na Ordem, onde terei de fazer um estágio para aceder à profissão, que me vai ocupar nos próximos meses… E desde a conclusão da licenciatura até bem recentemente, foquei-me no desenvolvimento das receitas e fotografias do livro. Aproveitei o facto de já se encontrarem bastante adiantadas para voltar a publicar receitas, especialmente tendo em conta este mês, e a procura de sugestões para as festas de Natal.

Assim, as próximas publicações vão ser dedicadas às receitas de prato principal e uma entrada para a ceia de Natal, ou para outros jantares de convívio, mas, para já, deixo-vos este pão de alfarroba, centeio e nozes. Partilhei esta receita de pão porque achei que tinham um sabor e aroma especiais devido à combinação de alfarroba, centeio e erva-doce. O pão resultante também é um pouco mais denso devido à inclusão da farinha de alfarroba, que é isenta de glúten e apresenta um conteúdo em fibra mais elevado, mas tentei equilibrar as proporções de farinha de trigo com a de centeio e alfarroba de forma a obter um pão não só rico em sabor, mas que apresentasse uma textura satisfatória, apesar de mais densa.

Para facilitar o processo, utilizei o processador de alimentos com a lâmina de plástico para amassar a massa, mas podem amassar o pão manualmente numa superfície enfarinhada, ou recorrer a uma batedeira com gancho. Para quem dispõe de um processador de alimentos, aconselho a sua utilização nesta receita porque acaba por ser um método mais rápido e fácil para quem não está muito à vontade na elaboração de pão.
montagem-1
(mais…)

Pudim de lima e abacaxi

Uma das razões que me impede de publicar receitas com a mesma frequência, prende-se com uma novidade que vos tenho omitido nos últimos meses, que é a publicação de um livro. Para além da conceção do livro, estou também envolvida em alguns projetos fora do espectro do blog, de âmbito profissional, que também me têm consumido algum tempo, mas que espero conseguir conciliar da melhor forma e, ainda assim, trazer-vos um livro inovador, com receitas facilmente colocadas em prática no dia-a-dia, e informação objetiva e de fácil compreensão pelo público em geral. Não vos posso adiantar mais informações neste momento, para além do facto de que a publicação do livro será em 2017.

Pudim de lima e abacaxi7.2
Relativamente à receita que vos partilho hoje, vou pressupor que sobremesas frescas ainda serão bem aceites por estes dias e, por isso, vou partilhar convosco a sobremesa que fiz no último workshop que tive oportunidade de realizar. Trata-se de um pudim simples que combina os sabores frescos da lima e o abacaxi, picante do gengibre, e o aroma delicioso do anis estrelado. A base deste pudim, leve, e de sabor a coco, resultou da adição do espessante agar, sendo que, já não é a primeira vez que utilizo por aqui este ingrediente mas, só agora consegui compreender melhor o sua utilização na culinária vegetariana.

O agar, um produto derivado de algumas espécies de algas vermelhas, é frequentemente utilizado no âmbito da culinária na substituição da gelatina.
Pode ser encontrado comercialmente em pó ou em flocos, sendo que a sua utilização difere consoante a apresentação. O agar em flocos deve ser adicionado a líquidos quentes, para ocorrer a dissolução do mesmo, enquanto o agar em pó pode ser dissolvido em líquidos frios. O líquido deve ser, posteriormente, levado à fervura. Em receitas que utilizem gelatina, o agar em pó pode substituir este ingrediente, na mesma proporção. No entanto, o mesmo não acontece com o agar em flocos, onde devem ser utilizadas 2 colheres de sopa, por cada colher de chá de agar em pó.
O agar é um bom espessante, e não requer a refrigeração para a firmeza desejada da nossa sobremesa. No entanto, o resultado pode ser ligeiramente opaco, e menos claro do que a gelatina. A firmeza do gel é influencia pela concentração, tempo, pH e conteúdo em açúcares, assim, a diminuição do pH, e um maior conteúdo em açúcares vão levar à formação de uma textura menos coesa, explicando a minha dificuldade em conseguir chegar a uma quantidade óptima de agar para a firmeza e textura pretendida nesta receita…

Por fim, relativamente à receita, podem utilizar outras frutas, sendo que esta base de coco e lima também resulta muito bem com manga caramelizada, por exemplo. Ou, podem omitir a lima, juntar um pouco de sumo de limão, e cobrir com uma calda de frutos vermelhos, por exemplo, assemelhando-se a uma panna cotta.
Deixo-vos agora a receita, espero que gostem!

Pudim de lima e abacaxi9.1
(mais…)