Aperitivos & snacks

Guest post com: Veggies on the counter

Esta semana decidi dar-vos a conhecer através de guest post a blogger Joana Mendes, do Veggies on the counter. Fico muito contente por ter a oportunidade de vos partilhar uma receita de um dos meus blogs preferidos de cozinha vegan, que curiosamente é escrito por uma portuguesa na língua estrangeira. Admiro muito as suas receitas, não só por se focar em ingredientes vegetais e as considerar bem ponderadas a nível nutricional, mas pela execução e imaginação nas diferentes combinações de texturas e sabores. E admiro, claro, as suas fotografias, em que consegue captar sempre a comida com a maior simplicidade, mas ao mesmo tempo ter fotografias tão ricas com o que verdadeiramente importa, a receita e todos os seus componentes.
00final
Numa viagem recente a Lisboa experimentei, pela primeira vez, uma sandes de vegetais assados. Consistia, basicamente, numa baguete integral recheada com uma quantidade generosa de pimento vermelho, tomate e beringela assados, bem temperados com orégãos e azeite. Gostei imenso da ideia e apontei-a no caderninho que tenho reservado para as listas de compras e ideias/rascunhos de receitas para o blog e, assim que cheguei ao Porto, fiz a minha própria versão. Optei por grelhar os legumes em vez de os assar e barrei o pão com um pesto muito simples, inventado à última da hora, sob o pretexto de ir bem com os vegetais e complexificar o sabor da sandes.

A quantidade de pesto que a receita dá foi, no meu caso, superior àquela que precisei para as sandes. Usei-o depois para temperar uma salada de grão e espinafres e uma outra de “esparguete” de courgette crua – em ambos os casos, revelou-se uma excelente adição.
1st collage
4thcomp
(mais…)

Tacos mexicanos de feijão preto e salsa de abacate

Black bean tacos2
As receitas que sirvo em casa diariamente são geralmente bastante simples, simples até demais para serem receitas aqui no blog, mas é inevitável explorar as diferentes culturas gastronómicas, para tornar a culinária vegetariana mais interessante, (ou para, neste caso, apimentá-la).
Adoro aquilo que conheço e aplico da culinária mexicana, e adoro recriar a partir da sua inspiração pratos mais saudáveis, como estes “tacos”. A receita que utilizei foi inspirada numa do livro “Plenty” de Yotam Ottolenghi, mas era originalmente de “quesadillas”, e por isso, levavam queijo cheddar. Eu preferi cortar no queijo, e partilhar convosco um procedimento mais simples, como o dos “tacos” (em que é só “dobrar e comer”), no lugar de fazer “quesadillas”, porque sinceramente o resultado final seria bastante semelhante.
cashew sauce and salsaBlack bean tacos (mais…)

Falafels com molho picante de tomate

Lentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate Cuisine
No que toca a fast-food étnica, este é o meu petisco preferido! Bolinhas de grão bem temperadas com um molho de tahini no pão pita quentinho e uns vegetais… Hummm, podia comer isto todos os dias. E por essa razão, esta é a segunda receita de falafels que publico no blog.
Relembro que os tradicionais Falafels são bolinhas de grão-de-bico fritas servidas no Médio Oriente como um snack, com pão pita, vegetais, molhos picantes ou molho de tahini. Desta vez escolhi alterar a receita original, e utilizei lentilhas vermelhas, com temperos semelhantes, mas desta vez sem o molho de tahini, e acompanhei com um molho picante de tomate, que me pareceu ficar melhor com o sabor das lentilhas.

Um pequeno reparo quanto à execução dos falafels. Noto que algumas pessoas têm alguma dificuldade a fazer esta receita, porque esta massa apesar de ser coesa é um bocado húmida. É suposto ser húmida porque os falafels depois de fritos (ou assados neste caso), vão ganhar uma crosta crocante por fora, mas são suaves por dentro. Por experiência própria, verifiquei que utilizar grão-de-bico ou lentilhas cozidos nesta receita também resulta bem, mas os falafels acabam por ficar menos coesos e menos húmidos no interior, e assemelham-se a hambúrgueres de leguminosas. Por isso se decidirem utilizar as lentilhas ou grão demolhados e a massa parecer muito húmida podem juntar um bocadinho de farinha, mas é suposto a massa ter essa textura, para obterem um melhor falafel.
Lentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate CuisineLentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate Cuisine

(mais…)