Pequeno-almoço

Pão de centeio, alfarroba e nozes

editada-dsc_2363
Na última publicação do blog, anunciei que estava a desenvolver um livro de culinária vegetariana. Desde então, este projeto tem-me impedido de vos trazer receitas novas nos últimos 3 meses e, por isso, algumas novidades ficaram por contar. Pouco tempo depois da última publicação, defendi a tese de licenciatura, concluindo assim a minha formação em Ciências da Nutrição. Agora aguardo a minha inscrição na Ordem, onde terei de fazer um estágio para aceder à profissão, que me vai ocupar nos próximos meses… E desde a conclusão da licenciatura até bem recentemente, foquei-me no desenvolvimento das receitas e fotografias do livro. Aproveitei o facto de já se encontrarem bastante adiantadas para voltar a publicar receitas, especialmente tendo em conta este mês, e a procura de sugestões para as festas de Natal.

Assim, as próximas publicações vão ser dedicadas às receitas de prato principal e uma entrada para a ceia de Natal, ou para outros jantares de convívio, mas, para já, deixo-vos este pão de alfarroba, centeio e nozes. Partilhei esta receita de pão porque achei que tinham um sabor e aroma especiais devido à combinação de alfarroba, centeio e erva-doce. O pão resultante também é um pouco mais denso devido à inclusão da farinha de alfarroba, que é isenta de glúten e apresenta um conteúdo em fibra mais elevado, mas tentei equilibrar as proporções de farinha de trigo com a de centeio e alfarroba de forma a obter um pão não só rico em sabor, mas que apresentasse uma textura satisfatória, apesar de mais densa.

Para facilitar o processo, utilizei o processador de alimentos com a lâmina de plástico para amassar a massa, mas podem amassar o pão manualmente numa superfície enfarinhada, ou recorrer a uma batedeira com gancho. Para quem dispõe de um processador de alimentos, aconselho a sua utilização nesta receita porque acaba por ser um método mais rápido e fácil para quem não está muito à vontade na elaboração de pão.
montagem-1
(mais…)

Panquecas de flocos de aveia

Às vezes as melhores receitas são aquelas que mais facilmente conseguimos colocar em prática no dia-a-dia. Estas panquecas são um bom exemplo disso. Com ingredientes simples e económicos, a que recorro diariamente, consegui fazer umas panquecas saborosas, rápidas, e, inclusivamente, práticas para os lanches fora de casa.

panquecas de aveia1
Como poderão verificar pela receita, são apenas pedidos 4 ingredientes: flocos de aveia finos, sementes de linhaça moídas, fermento químico e água. A banana e a canela são opcionais, apenas utilizei para dar mais sabor às panquecas, mas fica a sugestão para quem gostar. No lugar da banana, se quiserem, podem juntar a mesma quantidade de maçã em cubinhos, ligeiramente cozidos 1-2 min no micro-ondas, para libertar alguns sucos, e dar mais doçura às panquecas.

panquecas de papas de aveia
O procedimento remete-nos para a receita das papas de aveia overnight, em que colocamos na noite anterior os flocos de aveia em água (ou leite, ou bebidas vegetais), e, no dia seguinte, estão prontas a consumir. Estas panquecas foram inspiradas nesta forma mais rápida de preparar aveia, mas, também adicionei sementes de linhaça moídas para conseguir uma panqueca coesa mesmo utilizando como ingrediente principal da massa os flocos de aveia (no lugar da farinha), e o fermento químico, que permite que as panquecas cresçam um pouco, embora fiquem bastante densas. Assim, a massa destas panquecas também pode ser preparada na noite anterior, e cozida na frigideira na manhã seguinte, para serem imediatamente servidas. Também podem ser comidas mais tarde, frias, embora acabem por ficar mais densas… Mas fica a sugestão, pois até fazem um lanche interessante, acompanhadas de fruta, iogurte natural, e frutos gordos, tendo como exemplo, banana com manteiga de amendoim, tal como a sugerido nas fotografias, mas podem escolher outras combinações!

panquecas de aveia5
(mais…)

3 receitas para pequeno-almoço, em menos de 10 minutos

Papas 3 sabores3.1
Ultimamente tenho vindo a trabalhar mais no conteúdo que partilho nas redes sociais, porque gostava que este blog continuasse a crescer, e porque achei que também seria uma forma interessante de conhecer melhor o público que lê esta página. Cheguei à conclusão que as partilhas com maior interacção eram frequentemente as receitas mais simples, geralmente o pequeno-almoço. Curiosamente, sempre fiz o aposto, ou seja, tentei partilhar receitas mais complexas, demoradas, porque achei que não havia espaço para receitas “básicas”… Por isso, daqui em diante vou ter este aspecto em consideração, e podem contar com mais receitas simples, quer de pequeno-almoço, quer a nível de refeições de prato.

montagem papas
Neste artigo compilei algumas ideias de pequeno-almoço que fui partilhando nas últimas semanas, mas as receitas que vos deixo não passam de sugestões que eu espero que adaptem aos vossos gostos, necessidades e/ou objectivos.

Papas 3 sabores - final0
O objectivo deste artigo era também a partilha de receitas bastante rápidas, que não exigissem ligar o fogão, sujar panelas ou liquidificadores… No dia-a-dia, não tenho muito tempo para um pequeno-almoço muito elaborado, e fico-me por uma refeição mais simples, que pode ser facilmente preparada no dia anterior. Assim, recorro frequentemente aos flocos de aveia (ou pão), frutas variadas, frutos gordos e/ou sementes, tal como podem ver nas sugestões que se seguem.
Papas 3 sabores5.1Papas com compota de morango2
(mais…)