Verão

Hambúrgueres de lentilhas e cogumelos com salada de pimento e tomate assados

Na semana passada tirei uns dias para conhecer algumas praias no sul do nosso Portugal. Passei pelo Portinho da Arrábida, e fiquei uns dias em Vila Nova de Milfontes, onde aproveitei para fazer o Percurso dos Pescadores da Rota Vicentina, conhecer Porto Covo, e as fabulosas praias desta zona.

portinho da arrábida
montagem
porto covo4

Mas, passando agora à receita… Já não partilhava receitas de hambúrgueres nesta página há uns bons meses. Achei que, por um lado, seria difícil variar muito do que já vos tinha partilhado, e por outro, já encontram facilmente imensas receitas deliciosas online, e, provavelmente não iria acrescentar nada de novo. Mas, achei esta combinação entre os sabores mediterrâneos da salada, o cogumelo grelhado e hambúrgueres, interessante. Um prato que quase nos remete para o verão pelos seus ingredientes e sabores, mas não deixa de saber bem e de ser facilmente reproduzido em qualquer altura do ano.

Hambúrguer de lentilhas11
A receita da massa de hambúrguer é bastante simples, e espero que não fiquem assustados com a quantidade de ingredientes… Admito que às vezes deixo-me levar um bocadinho na adição de condimentos, e para dar sabor às lentilhas, sal e pimenta preta não bastavam, (embora aconselhe sempre a tentarem adaptar as minhas receitas com os ingredientes que dispõe em casa!), e juntei também orégãos, salsa fresca, alho, cebola e coentros em pó, que acho que ficam particularmente bem com lentilhas.
Na massa, também junto amendoins moídos e sementes de linhaça para manter o hambúrguer mais coeso, em vez de juntar farinha, ou pão ralado.

molho2
A salada de pimento e tomate assados fazem a vez de um topping, uma ideia que surgiu na última viagem, enquanto preparava uma salsa de tomate e abacate. Assar os vegetais permite torná-los mais tenros, que achei que resultaria melhor servido com este hambúrguer. Envolvi os vegetais num molho com alguns sabores mediterrâneos, com orégãos, salsa, azeitonas, tomate seco e algumas especiarias embebidas no azeite.
Servi os hambúrgueres de lentilhas num cogumelo Portobello, uma ideia que achei interessante para dar continuidade à ideia da própria massa do mesmo, que contém cogumelos, e, para servir como base do hambúrguer.
Por fim, acompanhei os hambúrgueres de batatas assadas com tomilho, mas podem substituir por uma fatia de pão (fica uma “open-faced sandwich”) ou uma colher de servir de arroz, ou outro tipo de acompanhamento à vossa escolha.

Hambúrguer de lentilhas5
(mais…)

Gnocchi de batata-doce

Sweet Potato Gnocchi5
Gosto de associar épocas do ano à gastronomia de alguns países, por isso, numa época em que abundam as beringelas, tomates e pimentos, os meus pratos parecem ter sempre alguma inspiração da culinária italiana. Mas embora seja mais recorrente fazer pratos mais simples como a sopa Minestrone ou acompanhar massa com Caponata e estas almôndegas, desta vez aventurei-me um bocadinho mais, e fiz o meu próprio gnocchi a partir de batata-doce. E não é que resultou mesmo bem? A batata-doce, sendo, obviamente, doce, contrasta na perfeição com o molho de tomate ácido. Era exactamente o sabor que eu procurava para contrabalançar esta acidez do tomate. E mesmo utilizando a batata-doce, o gnocchi acaba por não ser muito diferente do tradicional, sendo igualmente macio, e fica delicioso envolvido no molho de tomate.

Por fim, acompanhei o gnocchi com pimentos, beringela, azeitonas, e feijão branco salteados com uma pitada de pimenta-preta e sal, raspa de limão, e algumas ervas aromáticas frescas. No entanto, posso dizer-vos que esta não foi a ideia mais feliz. Apesar de ter gostado do resultado final a nível estético, e achar que os sabores até resultaram bem, a combinação de texturas não foi a melhor. Os vegetais tenros até ficam bem com o gnocchi, mas o feijão nem tanto, pois já é macio, e a par do gnocchi mais parece um prato feito para uma dieta mole/pastosa. Eu nem me importo tanto com este pormenor, mas apenas deixo o aviso para quem não gostar desta ideia.

Gnocchi1Sweet Potato Gnocchi11
(mais…)

Crumble cru de pêssegos e framboesas

raw crumble6
Esta época do ano é provavelmente a minha preferida. Pêssegos maduros, e frutos silvestres que vão aparecendo aqui e ali. A desculpa perfeita para fazer uma sobremesa todos os dias com estes ingredientes deliciosos… Mas desta vez ficamo-nos só por este crumble! 😉

Este crumble tem um topping de coco, aveia, e manteiga de amêndoa, (que podem substituir por outra manteiga de oleginosas), e tâmaras, para adoçar, e manter o topping mais consistente, e um pouco doce. O recheio resume-se ao sabor de pêssegos maduros com um leve toque citrico do limão e um aroma reconfortante da canela, que para mim é obrigatório num crumble, quer seja cru ou não.

Esta sobremesa é muito simples e não vai ao forno, (o que, sinceramente, nesta altura parece-me uma vantagem, porque eu não gosto de ligar o forno com este calor). Mas mimetiza o crumble tradicional, porque os pêsssegos ficam macios com a adição do sumo de limão e xarope, e o topping, apesar de ser diferente, tem um sabor a coco e amêndoa que acompanha bem a doçura das frutas da época.
raw crumble8
raw crumble4.

(mais…)