Feijoada de feijão manteiga e cogumelos, com batata-doce

feijoada de cogumelos com batata-doce
Na saga das receitas básicas, não poderia faltar uma feijoada vegetariana, a forma mais simples de confecionar as leguminosas. Nesta versão, comecei por fazer um molho rico, em que reduzi tomate maduro num refogado, e adicionei condimentos como cominhos, colorau, piripiri, louro e tomilho. Juntei feijão manteiga cozido, mas podem substituir pelo feijão branco, encarnado ou preto, ou outra leguminosa da vossa preferência. Por fim, juntei cogumelos marron (e Portobello na versão das fotografias), para dar mais textura a esta feijoada.

feijoada de cogumelos com batata-doce10
Para acompanhar esta feijoada vegetariana, fiz batata-doce assada, e couve galega cozida simples, só com um fio de azeite para além da pimenta e do sal. Na batata-doce assada não adicionei muitos condimentos, só uma pitada de sal e pimenta preta, mas, se gostarem, também podem juntar algumas especiarias como pimenta caiena, cominhos, paprika, e até canela, algumas especiarias que pessoalmente gosto de juntar à batata-doce pelo seu sabor naturalmente adocicado.

Antes de passarmos à receita, queria apenas convidar-vos a participar no Workshop de Culinária Vegetariana que irá decorrer na Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP). Decorrerá no dia 18 deste mês, às 10h, e será orientado pela Professora Patrícia Padrão, e por mim. Este workshop terá a duração de 3h, e tem duas componentes, uma teórica, onde serão abordadas recomendações alimentares e nutricionais para o padrão alimentar vegetariano, morbilidade e mortalidade, e a componente prática, onde todos terão a oportunidade de participar na elaboração receitas vegetarianas (e ovo-lacto vegetarianas) nutricionalmente equilibradas. Será também entregue um certificado de frequência a quem participar na sessão.

feijoada de cogumelos com batata-doce4
(mais…)

Panquecas de flocos de aveia

Às vezes as melhores receitas são aquelas que mais facilmente conseguimos colocar em prática no dia-a-dia. Estas panquecas são um bom exemplo disso. Com ingredientes simples e económicos, a que recorro diariamente, consegui fazer umas panquecas saborosas, rápidas, e, inclusivamente, práticas para os lanches fora de casa.

panquecas de aveia1
Como poderão verificar pela receita, são apenas pedidos 4 ingredientes: flocos de aveia finos, sementes de linhaça moídas, fermento químico e água. A banana e a canela são opcionais, apenas utilizei para dar mais sabor às panquecas, mas fica a sugestão para quem gostar. No lugar da banana, se quiserem, podem juntar a mesma quantidade de maçã em cubinhos, ligeiramente cozidos 1-2 min no micro-ondas, para libertar alguns sucos, e dar mais doçura às panquecas.

panquecas de papas de aveia
O procedimento remete-nos para a receita das papas de aveia overnight, em que colocamos na noite anterior os flocos de aveia em água (ou leite, ou bebidas vegetais), e, no dia seguinte, estão prontas a consumir. Estas panquecas foram inspiradas nesta forma mais rápida de preparar aveia, mas, também adicionei sementes de linhaça moídas para conseguir uma panqueca coesa mesmo utilizando como ingrediente principal da massa os flocos de aveia (no lugar da farinha), e o fermento químico, que permite que as panquecas cresçam um pouco, embora fiquem bastante densas. Assim, a massa destas panquecas também pode ser preparada na noite anterior, e cozida na frigideira na manhã seguinte, para serem imediatamente servidas. Também podem ser comidas mais tarde, frias, embora acabem por ficar mais densas… Mas fica a sugestão, pois até fazem um lanche interessante, acompanhadas de fruta, iogurte natural, e frutos gordos, tendo como exemplo, banana com manteiga de amendoim, tal como a sugerido nas fotografias, mas podem escolher outras combinações!

panquecas de aveia5
(mais…)

Sopa de feijão branco e couve

sopa de feijão branco e couve galega.1
Espero que tenham gostado da última receita do blog pois esta semana volto a partilhar-vos uma receita conveniente, acessível, e, muito, muito simples. A partilha destas receitas tem como objetivo o desenvolvimento de uma ementa, um pequeno compêndio de receitas básicas, para aqueles que pretendem fazer refeições vegetarianas, mas que ainda receiam experimentar confecioná-las. Esta pequena ementa também terá as várias refeições do dia-a-dia, com o respetivo valor nutricional.

couve galega
Na ementa que vos descrevo, esta sopa surge como forma de incorporar mais hortícolas na refeição, especialmente vegetais de folha de cor verde-escura, e, também, leguminosas, para complementar algumas receitas, tal como a última que vos partilhei.
A receita da sopa que vos partilho é baseada na que faço diariamente em casa. A base da sopa é feita com vegetais, neste caso foi com cenoura, curgete e cebola, mas também podem substituir por abóbora, chuchu, couve-flor, alho-francês, ou outros hortícolas e tubérculos a gosto. Gosto de juntar quase sempre couves, ou outros vegetais de folha de cor verde-escura, para juntar à base sobrenadante, ou, para triturar em creme. Fora este aspeto, tento variar os vegetais utilizados, tendo também em conta a sazonalidade, e a disponibilidade da nossa horta, mas a receita-base da sopa é esta. Uma receita simples, que, em cada taça consegue fornecer cerca de 150g de vegetais, sendo por isso uma preparação que se destaca pela densidade nutricional, ao mesmo tempo que é económica, e de fácil confeção.

Por fim, gosto de juntar algumas ervas aromáticas à sopa, e até um pouco de pimenta preta acabada de moer, só mesmo pelo sabor e como forma de reduzir um pouco a adição de sal, e, para finalizar, um fio de azeite.

sopa de feijão branco e couve galega4
(mais…)