Creme de brócolos e espinafres

sopa verde5
Os dias já estão a crescer, surgindo assim novos legumes nos mercados, que pedem receitas e confecções diferentes. Mas há certos que pratos que ainda assim não consigo deixar de lado nas estações que se seguem, e um deles é a sopa.
Uma das confeções culinárias que mais carcteriza a alimentação Portuguesa, a sopa está na nossa mesa todos os dias antes das refeições principais. É um hábito que enraizei em miúda do qual não dispenso. Mas se possível, gosto de fazer sopas variadas para fugir à sopa tradicional com base de batata, cenoura e curgete e as couves tenras cortadinhas. Nada contra esta versão, aliás, até é uma excelente forma de acrescentar mais vegetais na alimentação (para quem não gosta dos legumes crús, cozidos ou salteados), induz a saciedade, é uma boa fonte de vitaminas e minerais, e substâncias protectoras do nosso organismo, como antioxidantes, e ajuda a uma adequada hidratação.
Legumes
Desta vez fugi um bocadinho ao tradicional, e fiz um creme de espinafres e brócolos, com um pouco de gengibre, alho e salsa, para tornar a sopa mais aromática, sem necessidade de juntar colheradas de sal. As leguminosas (grão-de-bico), permitem que a sopa fique mais cremosa, sendo a adição de batata opcional.

Por fim, não é comum decorar as sopas, mas pareceu-me bem partilhar-vos uma das minhas mais recentes descobertas para levar as sopas e saladas a outro nível – o Dukkah. É uma mistura aromática de especiarias como cominhos, coentros, funcho e pimenta preta com avelãs tostadas crocantes, que deixam qualquer prato mais aromático. Podem, no entanto, decorar a sopa com algumas folhas de salsa, fatias de rabanete, ou rebentos, e um fio de azeite, para uma guarnição igualmente apelativa (e nutritiva!).
dukkah
(mais…)