Alho

Falafels com molho picante de tomate

Lentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate Cuisine
No que toca a fast-food étnica, este é o meu petisco preferido! Bolinhas de grão bem temperadas com um molho de tahini no pão pita quentinho e uns vegetais… Hummm, podia comer isto todos os dias. E por essa razão, esta é a segunda receita de falafels que publico no blog.
Relembro que os tradicionais Falafels são bolinhas de grão-de-bico fritas servidas no Médio Oriente como um snack, com pão pita, vegetais, molhos picantes ou molho de tahini. Desta vez escolhi alterar a receita original, e utilizei lentilhas vermelhas, com temperos semelhantes, mas desta vez sem o molho de tahini, e acompanhei com um molho picante de tomate, que me pareceu ficar melhor com o sabor das lentilhas.

Um pequeno reparo quanto à execução dos falafels. Noto que algumas pessoas têm alguma dificuldade a fazer esta receita, porque esta massa apesar de ser coesa é um bocado húmida. É suposto ser húmida porque os falafels depois de fritos (ou assados neste caso), vão ganhar uma crosta crocante por fora, mas são suaves por dentro. Por experiência própria, verifiquei que utilizar grão-de-bico ou lentilhas cozidos nesta receita também resulta bem, mas os falafels acabam por ficar menos coesos e menos húmidos no interior, e assemelham-se a hambúrgueres de leguminosas. Por isso se decidirem utilizar as lentilhas ou grão demolhados e a massa parecer muito húmida podem juntar um bocadinho de farinha, mas é suposto a massa ter essa textura, para obterem um melhor falafel.
Lentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate CuisineLentil falafels with tomato hot sauce | Compassionate Cuisine

(mais…)

Almondegas de lentilhas com molho de coco e tomate + Brócolos assados

Lentil Balls with coconut milk and tomato sauce3
Curiosamente uma das primeiras receitas que fiz quando comecei a introduzir mais refeições vegetarianas na alimentação, foram almondegas de lentilhas. As primeiras tentativas ficaram horríveis, todas desfeitas, e sem sabor. O que na altura me deixou dececionada, e levou a minha mãe a duvidar da cozinha vegetariana. Mas agora, com mais alguma prática, relembro o que fiz, e apercebo-me da minha natural inexperiência, e acho engraçada a ambição de quem nunca tentou procurar a perfeição.
E passados 2 anos, já domino as almondegas de lentilhas, e já levo a minha mãe a questionar se ainda vale a pena servir as tradicionais para o resto da família. O que me faz pensar, que apenas com a minha persistência lá consegui, e que isto se aplica tudo.

You may encounter many defeats, but you must not be defeated. In fact, it may be necessary to encounter the defeats, so you can know who you are, what you can rise from, how you can still come out of it.” ― Maya Angelou.

Lentil Balls with coconut milk and tomato sauceA segunda receita, os brócolos assados, lembrei-me de vos partilhar porque é das minhas formas preferidas de os preparar, e porque realmente não tinha muitas receitas com estes verdes fantásticos aqui no blog.

(mais…)

Massa primaveril com molho de alho assado // Spring Pasta with roasted garlic sauce

Vagens de ervilha / massaNo passado fim-de-semana tive o prazer de receber um saco de 3kg de ervilhas em vagem, da quinta da minha avó. Não sei se vocês estão familiarizados com estas vagens de ervilhas comestíveis, pois não sei se vêm com frequência nas grandes superfícies comerciais, mas recebo as vagens frescas regularmente nas estações do inverno e primavera. Fiquem também a saber que esta espécie de vagens não tem exatamente a finalidade de produzir ervilhas, e que são preferencialmente consumidas no estado de vagem. Nutricionalmente, são vegetais ricos em Vitamina C, Vitamina K, Manganês e Ferro. (Fonte: Nutrition Facts)

Mas melhor ainda, acho que ficam bem em qualquer prato de legumes salteados, e por isso hoje partilho-vos um dos meus preferidos, bem simples, quase que nem é uma receita, talvez seja mais uma sugestão, mas contém uma das minhas combinações preferidas, (cenoura + ervilhas em vagem), cuja textura e forma liga harmoniosamente com a massa, e contrasta com as ervilhas, e frutos gordos, se quiserem adicionar também. E o molho, uma adição especial ao prato, para lhe dar mais sabor, não deve ser ignorado! Pode parecer bastante alho na mesma receita, mas relembro que o sabor de alho assado é bastante suave comparado com o seu sabor no estado cru, e por isso não há que recear a sua adição.

Alho assado / Molho de alho assado

(mais…)