azeite

Bolachas de cacau e cranberries

Chocolate cranberry cookies
Há algo de reconfortante em fazer bolachas. Juntar os ingredientes, formar as bolinhas de massa entre as palmas, e cuidadosamente achatá-las antes de levar ao forno, e por fim, guardar no jarro das bolachas, o mais cobiçado de toda a casa. Mas a ciência de uma boa bolacha nem sempre está do lado da culinária vegana. Conseguir uma bolacha crocante, mas suave por dentro, leve, e sem ser densa, nem sempre é fácil de atingir.
No livro Green Kitchen Travels descobri uma das melhores receitas de bolachas que já alguma vez provei, e segundo os próprios autores, o David e a Luise, o segredo reside possivelmente na adição de manteigas de oleaginosas, como manteiga de amêndoa. Inspirada numa receita proveniente de Nova Iorque, a minha versão destas bolachas inclui cranberries secos e cacau, mas mantive as farinhas sem glúten, nomeadamente a de aveia (se for devidamente certificada) e trigo-sarraceno. Caso não tenham estas farinhas, podem substituir por farinha de trigo ou espelta possivelmente com resultados ainda melhores. Eu mantenho-me fiel às farinhas integrais, mas é completamente opcional. Uma bolacha ocasional não precisa de ter estas farinhas, mas gosto de experimentar cozinhar e fazer doces com elas, especialmente quando sei que o seu valor nutricional é bastante superior às farinhas refinadas, e quando o desafio passa por consegui doces bons, com ingredientes de qualidade.
Mantive o tahine, que apesar de ter um sabor amargo, acaba por dar um gosto invulgar mas bastante saboroso, a par do cacau e manteiga de amêndoa. No entanto, podem substituir tanto o tahine como a manteiga de amêndoa por manteiga de amendoim, que é mais comum. Pepitas de chocolate negro (uns 40g) também vão muito bem nestas bolachas, entre os pedaços cranberries doces encontrados, a cada dentada da bolacha.
Chocolate cranberry cookies7Chocolate cranberry cookies5
(mais…)

Quiche de cebola caramelizada

Sei que melhores dias virão, e, talvez, quando o sol brilhar, o tempo aquecer, e as tardes se prolongarem, virá a vontade de dar um passeio pela praia, fazer um almoço entre amigos ao ar livre, ou um piquenique com o céu verde coberto de árvores numa manta de retalhos. Enquanto o tempo ainda não permitir, não se preocupem, eu já pensei na merenda.

quiche

Aproveitei este mês, numa semana de pausa das aulas, e fui conhecer o Gerês. Ficamos numa pequena casinha em pedra, num parque de campismo, no meio de uma serra de floresta densa. Fiquei a conhecer as maiores cascatas de água deste parque natural, os miradouros turísticos, os vales, e as colinas em pedra. Aproveitei o ar puro, e silêncio inquietante da noite, e as paisagens que pareciam nunca deixar de surpreender. E experimentei tirar fotografias que não fossem comida. (Tenho de melhorar este aspecto)

Resolvi levar alguma comida feita por mim, e entre a fruta e saladas no saco da merenda, levei umas quiches individuais, muito parecidas com as que vos partilho hoje.

geres (mais…)

Sandes de grão e abacate

Mashed chickpea avocado sandwich
Penso que já repeti isto, mas acredito sinceramente que as melhores receitas podem ser as mais simples. Uma salada fresca temperada com um molho avinagrado, um estufado de legumes quentinho, ou uma sandes de rúcula e hummus na lancheira. Há qualquer coisa na simplicidade que nos faz apreciar pequenos detalhes de uma forma diferente. E acredito que se aplique a tudo. Para quê complicar quando devemos deixar brilhar o essencial?
Na alimentação também vejo as coisas desta forma. Apesar de condimentar os pratos ou apresenta-los de determinada forma, tento mostrar o essencial, ou seja, o sabor e a nutrição. E procuro deixar transparecer isso por aqui, para relembrar o que é verdadeiramente relevante. Não vai ser o aspecto do prato, os ingredientes da marca x ou y, nem nenhum pretensiosismo, mas apenas a receita e a qualidade dos nossos ingredientes.
Hoje vamos ficar-nos pela sandes de grão e abacate. É bem simples, nem requer o processador de alimentos. É nutritiva, (sabiam que o abacate era rico em gorduras monossaturadas? Aquelas que descem o “mau colesterol”, como as do azeite…). Ah, e o sabor… Bem, basta dar uma olhada nos ingredientes.
Mashed chickpea avocado sandwich
(mais…)