Cogumelos

Queques de grão-de-bico e vegetais


A sugestão que vos partilho esta semana são uns queques salgados feitos com farinha de grão-de-bico. Esta receita dá resposta a uma dúvida que persistia na receita das Quiches individuais de cebola caramelizada, onde o recheio da tarte foi conseguido triturando grão-de-bico demolhado. Este passo mais trabalhoso era uma alternativa à utilização da farinha de grão-de-bico, frequentemente indicada na elaboração deste género de receitas, mas que na altura tinha alguma dificuldade em encontrar. Alguns leitores da página ainda questionaram a quantidade de farinha a utilizar na massa, no lugar do grão-de-bico demolhado, mas admito que não consegui realmente experimentar essa opção na altura.

Assim, a massa desta receita surge como alternativa ao recheio da receita das quiches de cebola caramelizada, podendo ser utilizada ¼ da massa proposta em baixo para fazer as 4 “quiches” individuais.


Como apresentei a receita sem a crosta, até lhe atribuí outro nome, mas não esperem uma massa fofa como um queque, mas uma massa mais coesa e densa, que envolve bem os vegetais.
Para enriquecer a massa de grão-de-bico, deixo-vos 2 opções de recheio: um de abóbora, cogumelos, nozes e tomilho, com ingredientes desta estação e que deixa a massa com um sabor ligeiramente adocicado da abóbora; e, outra opção, de tomate e curgete, que permite obter uma massa mais húmida, e rica em sabor pela utilização das diferentes ervas aromáticas.


Neste género de aperitivos ou snacks salgados, práticos, relembro ainda uma variação que partilhei recentemente nas redes sociais, com ingredientes menos tradicionais, mas que alguns de vocês até possam gostar e achar mais prática relativamente à utilização da farinha de grão-de-bico.

(mais…)

Cogumelos recheados


Domingo passado tive oportunidade de realizar um workshop na Work – espaço criativo, cujo tema foi finger food. No planeamento das receitas para este evento apercebi-me que até agora nunca explorei muito esta temática no blog, e que a página poderia beneficiar de mais receitas de aperitivos, e de diferentes formas de apresentação de algumas receitas já partilhadas. Assim, no próximo mês, estou a pensar partilhar uma compilação desta ideias e novas receitas de aperitivos. Entretanto, deixo-vos uma das receitas que foi elaborada neste evento.

Esta receita de cogumelos recheados foi uma alegre surpresa. A combinação dos elementos fornecedores de sabor e aroma (alho, tomate seco, salsa e vinagre balsâmico) resultou num recheio saboroso, e a adição de pão ralado, depois de levado ao forno dá um toque crocante que contrasta bem com a base macia dos cogumelos assados.

Os cogumelos recheados devem ser feitos preferencialmente no mesmo dia em que são servidos e, se possível, devem ser servidos mornos. Se ponderam fazer esta receita para um jantar com alguma antecedência, sugiro que façam o recheio primeiro (no dia anterior, por exemplo) sem adicionar o pão ralado. Uma ou duas horas antes do jantar ou lanche, envolva o pão ralado no recheio, recheie os cogumelos, e leve ao forno, tal como descrito na receita.

(mais…)

Feijoada de feijão manteiga e cogumelos, com batata-doce

feijoada de cogumelos com batata-doce
Na saga das receitas básicas, não poderia faltar uma feijoada vegetariana, a forma mais simples de confecionar as leguminosas. Nesta versão, comecei por fazer um molho rico, em que reduzi tomate maduro num refogado, e adicionei condimentos como cominhos, colorau, piripiri, louro e tomilho. Juntei feijão manteiga cozido, mas podem substituir pelo feijão branco, encarnado ou preto, ou outra leguminosa da vossa preferência. Por fim, juntei cogumelos marron (e Portobello na versão das fotografias), para dar mais textura a esta feijoada.

feijoada de cogumelos com batata-doce10
Para acompanhar esta feijoada vegetariana, fiz batata-doce assada, e couve galega cozida simples, só com um fio de azeite para além da pimenta e do sal. Na batata-doce assada não adicionei muitos condimentos, só uma pitada de sal e pimenta preta, mas, se gostarem, também podem juntar algumas especiarias como pimenta caiena, cominhos, paprika, e até canela, algumas especiarias que pessoalmente gosto de juntar à batata-doce pelo seu sabor naturalmente adocicado.

Antes de passarmos à receita, queria apenas convidar-vos a participar no Workshop de Culinária Vegetariana que irá decorrer na Faculdade de Ciências da Nutrição e da Alimentação da Universidade do Porto (FCNAUP). Decorrerá no dia 18 deste mês, às 10h, e será orientado pela Professora Patrícia Padrão, e por mim. Este workshop terá a duração de 3h, e tem duas componentes, uma teórica, onde serão abordadas recomendações alimentares e nutricionais para o padrão alimentar vegetariano, morbilidade e mortalidade, e a componente prática, onde todos terão a oportunidade de participar na elaboração receitas vegetarianas (e ovo-lacto vegetarianas) nutricionalmente equilibradas. Será também entregue um certificado de frequência a quem participar na sessão.

feijoada de cogumelos com batata-doce4
(mais…)