Couves

Sopa de feijão branco e couve

sopa de feijão branco e couve galega.1
Espero que tenham gostado da última receita do blog pois esta semana volto a partilhar-vos uma receita conveniente, acessível, e, muito, muito simples. A partilha destas receitas tem como objetivo o desenvolvimento de uma ementa, um pequeno compêndio de receitas básicas, para aqueles que pretendem fazer refeições vegetarianas, mas que ainda receiam experimentar confecioná-las. Esta pequena ementa também terá as várias refeições do dia-a-dia, com o respetivo valor nutricional.

couve galega
Na ementa que vos descrevo, esta sopa surge como forma de incorporar mais hortícolas na refeição, especialmente vegetais de folha de cor verde-escura, e, também, leguminosas, para complementar algumas receitas, tal como a última que vos partilhei.
A receita da sopa que vos partilho é baseada na que faço diariamente em casa. A base da sopa é feita com vegetais, neste caso foi com cenoura, curgete e cebola, mas também podem substituir por abóbora, chuchu, couve-flor, alho-francês, ou outros hortícolas e tubérculos a gosto. Gosto de juntar quase sempre couves, ou outros vegetais de folha de cor verde-escura, para juntar à base sobrenadante, ou, para triturar em creme. Fora este aspeto, tento variar os vegetais utilizados, tendo também em conta a sazonalidade, e a disponibilidade da nossa horta, mas a receita-base da sopa é esta. Uma receita simples, que, em cada taça consegue fornecer cerca de 150g de vegetais, sendo por isso uma preparação que se destaca pela densidade nutricional, ao mesmo tempo que é económica, e de fácil confeção.

Por fim, gosto de juntar algumas ervas aromáticas à sopa, e até um pouco de pimenta preta acabada de moer, só mesmo pelo sabor e como forma de reduzir um pouco a adição de sal, e, para finalizar, um fio de azeite.

sopa de feijão branco e couve galega4
(mais…)

Estufado de feijão branco com “requeijão”

Estufado de feijão branco10
O Inverno ainda se faz sentir, por isso achei que um último estufado, uma última taça desta “comida de conforto”, ainda fizesse sentido.
O estufado que vos partilho hoje não é muito diferente da sopa “Minestrone”, uma sopa de nome elaborado, mas de sabores e ingredientes simples como feijão, legumes e hortaliças, envoltos num molho rico de tomate, ervas aromáticas e limão. Esta receita continua a ser uma inspiração transversal para muitas receitas de estufados que coloco em prática no dia-a-dia, tal como esta.
Estufado de feijão branco8
Servi o estufado de feijão branco com um “requeijão” de tofu, uma pasta que verdadeiramente nada tem a haver com o original, mas que pode ser um substituto interessante em receitas que o exigem, nomeadamente no recheio de massas ou vegetais, numa lasanha, a acompanhar saladas, ou, pode ser usado simplesmente para barrar no pão. Para dar mais sabor a esta pasta, tentei ser generosa na quantidade de ervas aromáticas e temperos, e até adicionei uns pinhões esquecidos das festividades, que cortaram um sabor ligeiramente amargo, característico do tofu. Aconselho-vos a adequar a receita ao vosso gosto, e jogar com as especiarias e ervas aromáticas que tiverem disponíveis. Se não quiserem utilizar o tofu, aconselho-vos a dar uma olhada nesta receita da Joana Alves, e esta, da Joana Limão.

Por fim, servi o estufado em taças individuais, guarnecido com umas colherzinhas de chá de molho pesto caseiro, uma colher (cheia) do “requeijão”, e algumas folhas de rúcula. O molho pesto é perfeitamente dispensável, mas pelo menos algumas folhas de manjericão picado, ou outras ervas aromáticas frescas, ficam sempre bem.
Estufado de feijão branco2
(mais…)

Sugestões para a Ceia de Natal – Abóbora recheada com puré de feijão branco

puré de feijão branco com abóbora recheada4
À semelhança dos anos anteriores, não poderia deixar de vos partilhar uma receita para a Ceia de Natal. Este ano a sugestão foi publicada no blog Nutrimento, uma página cuja função é a de alimentar a troca de informação, de ideias, o debate sobre temas da atualidade relacionados com a alimentação.

abóbora e avelãs
A receita que partilhei trata-se de abóbora-menina recheada com castanhas, cogumelos e avelãs, acompanhada de puré de feijão branco, e das tradicionais verduras cozidas. Utilizei essencialmente produtos hortícolas simples, desta época, nacionais, e com elevada densidade nutricional.
De forma a enriquecer o prato em termos de sabor e textura, assei a abóbora com a casca, que ficou crocante, mas a polpa macia. O excesso de polpa foi posteriormente aproveitado na sobremesa, (que partilho muito em breve), mas que também pode ser utilizada noutras receitas do blog, como este bolo, ou esta tarte. O recheio é um salteado básico de cogumelos e castanhas, com alecrim e especiarias, que pode ser enriquecido em sabor com um vinho licoroso, como o vinho do Porto branco.

puré de feijão branco e castanhas
De forma a complementar a sugestão principal, servi também um puré de feijão branco, que permite adicionar alguma proteína à refeição vegetariana. Apesar de já ser interessante por si só, e bastante cremoso, não poderia deixar de lhe dar um toque mais especial, e por isso, envolvi sementes de funcho e salsa. Estas sementes podem ser encontradas na secção das especiarias dos hipermercados ou lojas de produtos naturais.
Por fim, não se esqueça de complementar o prato com as verduras da época (grelos de nabiça ou couve penca), ricas em vitamina K e pro-vitamina A, e nos minerais Cálcio, Ferro e Magnésio.

puré de feijão branco com abóbora recheada3

SUGESTÕES PARA A CEIA DE NATAL

Entradas: Sopa de abóbora, Sopa de beterraba e maçã, Sopa de cogumelos e castanhasBolinhos de grão-de-bico e curgetePasta de beringela, Pasta de azeitona ou Mini-quiches de cebola caramelizada

Prato principal: Abóbora recheada com puré de feijão brancoEstufado de cevada e cogumelos (ou “cevadotto” de cogumelos), Rolinhos de couve recheados com lentilhas, e molho de tomate, ou Tarte de cogumelos e lentilhas

Sobremesas: Bolo de maçã com crumble de amêndoa, Chocolate com amêndoas e cranberries, Chocolatinhos com recheio de caramelo fingido, Rosca de abóbora e chocolate, Tarte de abóbora, Tarte de banana e chocolate, Tarte de maçã e amêndoa ou Trufas de manteiga de amendoim