Feijão

Abóbora assada com salada de feijão preto, nozes e chili

Abóbora assada com feijão preto3
A receita que vos partilho trata-se de uma salada (morna) de feijão preto com abóbora assada. Eu sei que tenho partilhado várias receitas com este hortícola, mas por aqui tentamos usar essencialmente os vegetais da horta, e este Outono trouxe-nos bastantes abóboras, que ainda se conservam… Mas desta vez temperei a abóbora com algumas especiarias quentes, como cominhos e canela, e levei ao forno para dourar. Para quem não tiver abóbora, garanto-vos esta receita também fica óptima com cenoura cortada em tiras longitudinais, ou batata-doce, ainda com casca.
Acompanhei a abóbora assada com feijão preto temperado com chili picadinha e nozes, uma ideia inspirada numa receita de “salsa” de nozes que aprendi a fazer recentemente. Temperei com sumo de lima, mas podem substituir por limão, se não tiverem limas.
Para dar alguma frescura à salada, fiz um molho de coentros, que se pode fazer facilmente numa almofariz, (ou numa tábua, se gostarem de praticar a técnica de faca, ou num processador de alimentos pequeno), com os coentros bem picadinhos, um dente pequeno de alho e azeite. Se não gostar de coentros pode substituir por salsa.
Por fim, o iogurte natural (de soja ou outro) é opcional, mas ajuda a ligar os diversos elementos desta salada. Se por acaso não quiserem juntar o iogurte, aqui fica uma ideia para o substituir e fazer um prato igualmente interessante e delicioso: esmagar 1 abacate com um garfo até ficar reduzido a puré, envolver ligeiramente o molho de coentros, e servir a par desta salada.

Abóbora assada com feijão preto7

(mais…)

Sugestões para a Ceia de Natal – Abóbora recheada com puré de feijão branco

puré de feijão branco com abóbora recheada4
À semelhança dos anos anteriores, não poderia deixar de vos partilhar uma receita para a Ceia de Natal. Este ano a sugestão foi publicada no blog Nutrimento, uma página cuja função é a de alimentar a troca de informação, de ideias, o debate sobre temas da atualidade relacionados com a alimentação.

abóbora e avelãs
A receita que partilhei trata-se de abóbora-menina recheada com castanhas, cogumelos e avelãs, acompanhada de puré de feijão branco, e das tradicionais verduras cozidas. Utilizei essencialmente produtos hortícolas simples, desta época, nacionais, e com elevada densidade nutricional.
De forma a enriquecer o prato em termos de sabor e textura, assei a abóbora com a casca, que ficou crocante, mas a polpa macia. O excesso de polpa foi posteriormente aproveitado na sobremesa, (que partilho muito em breve), mas que também pode ser utilizada noutras receitas do blog, como este bolo, ou esta tarte. O recheio é um salteado básico de cogumelos e castanhas, com alecrim e especiarias, que pode ser enriquecido em sabor com um vinho licoroso, como o vinho do Porto branco.

puré de feijão branco e castanhas
De forma a complementar a sugestão principal, servi também um puré de feijão branco, que permite adicionar alguma proteína à refeição vegetariana. Apesar de já ser interessante por si só, e bastante cremoso, não poderia deixar de lhe dar um toque mais especial, e por isso, envolvi sementes de funcho e salsa. Estas sementes podem ser encontradas na secção das especiarias dos hipermercados ou lojas de produtos naturais.
Por fim, não se esqueça de complementar o prato com as verduras da época (grelos de nabiça ou couve penca), ricas em vitamina K e pro-vitamina A, e nos minerais Cálcio, Ferro e Magnésio.

puré de feijão branco com abóbora recheada3

SUGESTÕES PARA A CEIA DE NATAL

Entradas: Sopa de abóbora, Sopa de beterraba e maçã, Sopa de cogumelos e castanhasBolinhos de grão-de-bico e curgetePasta de beringela, Pasta de azeitona ou Mini-quiches de cebola caramelizada

Prato principal: Abóbora recheada com puré de feijão brancoEstufado de cevada e cogumelos (ou “cevadotto” de cogumelos), Rolinhos de couve recheados com lentilhas, e molho de tomate, ou Tarte de cogumelos e lentilhas

Sobremesas: Bolo de maçã com crumble de amêndoa, Chocolate com amêndoas e cranberries, Chocolatinhos com recheio de caramelo fingido, Rosca de abóbora e chocolate, Tarte de abóbora, Tarte de banana e chocolate, Tarte de maçã e amêndoa ou Trufas de manteiga de amendoim

Comida de conforto e uma minestrone

Caem os primeiros aguaceiros da estação, e as couves ficam mais tenras, as abóboras crescem, e tiram-se as estacas do feijão, umas das últimas culturas do verão. Aproveito o feijão branco fresco para fazer as primeiras sopas e estufados, enquanto o restante é guardado no congelador para os próximos meses. Já restam poucos ingredientes do verão, mas uma courgette perdida no frigorífico, umas cenouras, o feijão, e os últimos tomates deixados a amadurecer no balcão podem fazer um prato fabuloso.

Com poucos ingredientes, e o tempero certo, podemos fazer pratos simples, saborosos e económicos. E a minha última viagem por Itália veio a comprovar isso, onde a paciência na cozinha, e a qualidade dos ingredientes parece ser a chave para os melhores pratos, mesmo nas sopas mais simples, como a Minestrone.
Minestrone
Minestrone, como o próprio nome indica, é uma sopa com substância, ou seja, é uma sopa rica porque contém vegetais variados, leguminosas e por vezes massa, e por isso é bastante saciante. Como é tão rica em vegetais, o seu conteúdo pode ser variado consoante as estações, por isso a receita que vos partilho foi pensada durante esta fase entre o verão e o outono, mas sugiro que adaptem a receita aos vegetais que tiverem disponíveis.

Este género que sopas rústicas fazem parte do meu menu semanal com muita frequência durante os meses mais frios. É uma comida reconfortante, e é por isso, a minha “comfort food” preferida. E parece que sabe ainda melhor servida em tigelas individuais, com ervas aromáticas, ou com uma colher generosa de molho pesto bem carregado no manjericão (no caso da Minestrone), e com uma fatia de pão caseiro de cereais ao lado para “limpar” a tigela do molho rico que teimou em fugir às colheradas.
Minestrone + pesto + bread (mais…)