Lima

Espetadas de tofu e vegetais

Verão, altura de convívio, churrascos e almoços longos com a família. Apesar de apreciar o convívio, os churrascos não são exactamente o melhor local para se comer comida vegetariana, a não ser que eu queira ficar limitada ao pimento grelhado e aos acompanhamentos. Mas mesmo que o faça, a família não se sente confortável com isso, como se eu fosse desfalecer por comer menos numa refeição. Aprendi que, ao levar as minhas próprias opções preparadas, já ninguém me ofereceria alimentos que não quero comer, e a refeição seria menos importunada com isso.

Neste ambiente, e com algumas saudades de comer grelhados em brasa, não poderia deixar passar a oportunidade, e aproveitei para aprimorar uma receita que já tinha tentado algumas vezes. Finalmente consegui gostar de tofu em espetadas, sem deixar que este ficasse demasiado seco ou desinssabido. O importante é ter um bom molho a envolvê-lo.

Espetadas de tofu e vegetais // Tofu vegetable skewers

(mais…)

Sandes de tofu, pickle de beterraba e rúcula + Sumo de melancia

Sandes de tofu com beterraba e rúcula + sumo de melancia
Na última semana, colhemos beterrabas incríveis e deliciosas do quintal. Sinceramente, eu nunca imaginei que as beterrabas soubessem tão bem cruas, raspadas, só com sumo de limão. Mas há alguns meses que tinha prometido ao meu pai que experimentaria fazer pickles em casa, (não imagino pessoa mais apaixonada por pickles senão ele), e com tantos vegetais fantásticos a crescer no quintal este verão, tinha de começar pelas beterrabas. As beterrabas já são um vegetal fantástico por si só, mas e se for fermentado?

A lacto-fermentação é um método de conservação tradicionalmente usado para a preservação de colheitas de legumes para o consumo durante o inverno, em locais onde não é viável a produção de legumes frescos durante esta estação. No meu caso comecei agora a considerar esta hipótese devido à enchente de beterrabas que temos tido, mas também pode ser feito com repolho, couve-flor, cenoura (…), e armazená-los no frigorífico durante algum tempo.

beterraba

(mais…)

Salada de feijão preto, manga e abacate

(UPDATE 18/05/2015)

black bean saladA salada desta semana foi levemente inspirada numa salsa mexicana, que consiste num molho servido como entrada, ou condimento. Inspirei-me numa salsa comum de manga, e incorporei os sabores frescos, e ao mesmo tempo ligeiramente apimentados desta comida étnica na minha salada.


beansFeijão Preto
. Este feijão humilde, parece estar profundamente enraizado na cultura latina, por isso fazia algum sentido juntá-lo também aos sabores da salsa de manga.

Nutricionalmente, o feijão preto não poderia ser menos interessante. Tem os benefícios que as outras leguminosas também tem, devido à quantidade de fibras e hidratos de carbono complexos, tais como benefícios para o tracto digestivo, regulação dos açúcares e até benefícios para o sistema cardiovascular. Para além destes benefícios, e devido à sua cor incomum, o feijão preto apresenta uma variedade de fitonutrientes interessantes, como a antocianina, do grupo dos flavonóides. Este, e outros flavonóides presentes no feijão preto, tem demonstrado propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, importantes para o sistema cardiovascular. Para além dos fitoquímicos maravilhosos presentes no feijão preto, não nos podemos esquecer da sua importância (assim como de todas as outras leguminosas) na alimentação vegetariana. Assim, 1/2 chávena de feijão preto, em apenas 130 calorias, contém 7,6 g de proteína, 7,5g de fibra, mais de 30% da dose diária recomendada (DDR) de Folato, 15% da DDR de Tiamina (B1), 10% da DDR de Ferro, e 15% a DDR de Magnésio.  Nota: 1/2 chávena é uma quantidade de referência que muitos autores utilizam. Veja na página de Nutrição (nos separadores), qual o número de doses são recomendadas para consumo diário, na alimentação vegana.

black bean salad.1jpg

(mais…)