Açorda de grão e tomate

Artigo publicado em: 6/10/2012; e alterado a: 18/04/2015
Açorda2

Nem sempre me dou por satisfeita quando faço uma publicação aqui no blog. Por vezes reparo em pormenores aquando da hora da publicação que me escaparam enquanto estava a idealizar as receitas, a fotografá-las, ou a escrevê-las, e depois anseio por ter algum tempo para que possa concretizar as minhas novas ideias. Entre os artigos que fazem a minha lista mental de receitas a melhorar, estão os publicados em 2012 (o primeiro ano de blog), pois sinto que ainda não entendia bem a culinária e os seus processos, texturas e combinação de sabores, para além de ser pouco experiente na área da fotografia, e investir menos nos textos. Senti que este artigo era um exemplo disso. Não queria apagá-lo, e por isso impedir que o público o visse, porque sentia que até tinha conteúdo! Mas a receita e as fotografias deixavam bastante a desejar, e isso também se reflectia nas visualizações. Mas depois de publicar quase 2 centenas de receitas, a dada altura deste meu percurso questionei-me acerca da necessidade constante de publicar conteúdos novos. Afinal, não faria sentido finalmente arranjar tempo para melhorar alguns artigos que ficaram deixados para trás?

Açorda

Na receita original, tinha envolvido o pão em grão-de-bico, água a ferver e uma pasta de coentros. Tratava-se de uma receita simples, com pouco sabor, e que não era muito atractiva. Tentei dar-lhe mais sabor fazendo um refogado prévio à adição do pão, em que junto tomate, algumas especiarias e ervas aromáticas, para o grão ficar também mais saboroso. Depois de feito o refogado, junto finalmente a fatia de pão (em proporções mais aceitáveis face à receita anterior), o molho de coentros frescos e alho e um pouco de água a ferver (só mesmos umas colheres), para amaciar o pão, e fazer uma papa com o molho de tomate e grão. Tudo envolvido, até acaba por se tornar uma sopa de pão muito aromática, que pode servir de refeição.

Açorda5 (mais…)