Abóbora recheada com arroz preto e pinhões

Abóbora recheada com arroz preto e pinhões

Pratos principais eacompanhamentosed-amine-

Pratos Principais & Acompanhamento

Abóbora recheada com arroz preto e pinhões

Abóbora, Arroz selvagem, Passas, Pinhões, Salsa,
Dificuldade
0
27 Dezembro, 2013
/
18

E mais uma vez, entrei em fase de exames para a faculdade. E as festividades, inevitavelmente, foram passadas a descansar estudar. Embora tenha organizado todo o meu tempo, não tenho a mesma disponibilidade para cozinhar, e portanto as refeições são bem simples, assim como vou ter menos tempo para o blog infelizmente.

A receita de hoje é um exemplo de uma refeição fácil que fiz há uns dias. Com a abundância de abóboras que tivemos por cá, tinha de experimentar diferentes formas de cozinhar este vegetal. O que culminou numa nova receita de arroz preto que funciona com todo o tipo de vegetais assados.
Por falar em arroz preto, penso que nunca publiquei nenhuma receita com este grão por aqui. No entanto, não difere muito de qualquer outro tipo de arroz, para além da cor vibrante, sabor particular, e um maior tempo de cozedura. E por isso, se não tiverem por casa por casa este tipo de arroz, apenas substituam por um que seja aromático e com sabor próprio, como basmati, jasmim ou arroz selvagem.

Por fim, desejo a todos boas entradas no ano de 2014!

Compassionate Cuisine - Receitas vegetarianas - Abóbora recheada com arroz preto e pinhões

Abóbora recheada de arroz preto e pinhões
Serve 3 a 4
Nota: Relativamente à abóbora, quando fiz a receita utilizei a abóbora jerimú, devido à abundância de abóboras que tivemos por cá. No entanto, creio que esta receita resultaria melhor com uma abóbora mais cremosa e menos fibrosa como a abóbora-menina (também conhecida como abóbora menina ou butternut), ou até a abóbora hokkaido.

Fatias de abóbora
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de mel (ou outro adoçante)
Sal e pimenta preta a gosto

1 colher de sopa de azeite
½ cebola média, cortada em fatias
2 dentes de alho, picados
1 chávena (210g) de arroz preto
½ colher de chá de sal marinho
2 colheres de sopa de uvas passas
½ chávena de pinhões
Salsa a gosto
¼ colher de chá de pimenta preta

Tempere as fatias de abóbora previamente preparadas, e leve ao forno a 200ºC durante aproximadamente 40 minutos. Se as fatias forem finas, verifique a cozedura algum tempo antes.
Numa panela pequena, salteie as fatias de cebola e o alho picado no azeite. Junte o arroz preto. Salteie o arroz, e junte 2 chávenas de água e o sal. Assim que levantar fervura, reduza o lume, cubra a panela e deixe cozer durante 20 a 30 minutos. Junte por fim as passas, pinhões, salsa e pimenta preta ao arroz.
Para servir cubra as fatias de abóbora com o arroz preto e pinhões.

English version

And once again, I’m studying for my finals. And the holidays were inevitably spent resting studying. Although I organized all my time, I don´t have the same availability to cook, so meals are pretty simple, just as I won’t have the same time to blog.
The recipe I share today is an example of an easy meal that I made a few days ago. Since our yard gave us so many pumpkins this year, I had the opportunity to try different ways of cooking this vegetable. So I tried roasting pumpkin and add a black rice filling, and ended up with a new black rice recipe that actually works with all kinds of roasted vegetables.
Speaking of black rice, I guess I never published any recipe with this grain here. However, it’s not much different than any other type of rice, except the vibrant color, unique flavor and a longer cooking time. So if you don’t have this type of rice at home, just replace it with one that is aromatic and has a nice flavor of its own, such as basmati, jasmine or wild rice.

Black rice and pine nut stuffed pumpkin slices
Serves 3 to 4

Note: When I did this recipe, I used a Portuguese variety of pumpkin that we call “Jerimú”, due to the abundance of these pumpkins on our yard. However, I think this recipe would taste even better if you use a creamier and less fibrous squash or pumpkin, like butternut squash.

Pumpkin or squash slices
1 tablespoon olive oil
1 teaspoon honey (or other natural sweetener)
Salt and black pepper to taste

1 tablespoon olive oil
½ medium onion, cut into slices
2 garlic cloves, minced
1 cup (210g) black rice
½ teaspoon sea salt
2 tablespoons of raisins
½ cup of pine nuts
Parsley to taste
¼ teaspoon black pepper

Prepare pumpkin slices, and season with black pepper, salt, honey and olive oil. Bake the pumpkin slices for approximately 40 minutes, at 200ºC (400ºF). Check for doneness after 20 to 30 minutes if the slices are thin.
In a small saucepan, sauté the onion slices and chopped garlic in olive oil. Add black rice. Sauté the rice, and add 2 cups water and salt. Once it starts boiling, reduce the heat, cover the pan and cook for 20-30 minutes. Add raisins, pine nuts, parsley and black pepper.
To serve, top baked pumpkin slices with the black rice and pine nut stuffing.

Bom apetite...

    • Anónimo
      27 Dezembro 2013 / 19:02

      Olá, que receita surpreendente!! Achei incrível o contraste das cores e consegui imaginar todo o sabor que ela deve ter. Sheila.

    • 27 Dezembro 2013 / 21:39

      nhami 😀 adorei estas fatias de abóbora, tão lindas

      beijinhos, boa sorte nos exames 😉

    • 27 Dezembro 2013 / 22:26

      Nunca cozinhei esse arroz. Mas já o vi em algumas mercearias, qualquer dia compro para experimentar. Adoro a cor dele a contrastar com a abóbora: uma boa receita para a altura do halloween :p

    • Maria da Graça
      27 Dezembro 2013 / 23:26

      Vivo em Lisboa, onde posso comprar o arroz preto ?

      • 28 Dezembro 2013 / 15:09

        Não sou de Lisboa, mas tente procurar em lojas de produtos naturais ou em grandes superfícies comerciais.

    • 28 Dezembro 2013 / 9:54

      Adorei este prato, porque também gosto muito de abóbora assada. Agora o que me prendeu mesmo aqui e fiquei bastante curioso, foi o arroz preto que me parece ser delicioso e combina na perfeição com a abóbora. 😉
      Beijinho e um Bom Ano 2014.

    • 28 Dezembro 2013 / 11:29

      Passar as festividades a estudar, baah, detestava isso, agora passo a trabalhar, também não é muito melhor 🙁 É uma óptima sugestão esta, adoro abóbora assada e o arroz com uvas e pinhões, huuumm, amei!

      beijinhoos, uma boa entrada no ano 2014 e boa sorte para os exames 🙂

      ah, fiz as tuas trufas de chocolate para oferecer este natal e foram um sucesso 😉 adorei as com avelãs e tâmaras, yuumii, tenho que fazer outra vez para deixar para os gulosos cá de casa 😛

      • 28 Dezembro 2013 / 15:14

        A trabalhar também não é melhor 🙁
        Gostei de saber que gostaste das trufas! Por acaso este ano ofereci-as à minha mãe 😀

        Obrigada Patrícia (e a todos) pelos votos de boas entradas!
        Beijinho

    • 29 Dezembro 2013 / 11:59

      Eu adoro arroz com pinhões e sultanas, sei que as uvas escuras fazem melhor, mas não gosto tanto delas. Esse arroz preto deixou-me muito curiosa em relação ao sabor, nunca o vi… mas agora fiquei com vontade de procurar! 😉
      Umas Boas Festas e beijinhos

    • 14 Março 2014 / 21:50

      Olá adoro teu blogue:)

      Esta receita esta fantástica tenho de experimentar.

      Aproveito para te convidar no meu passatempo da Receita Saudável que está a decorrer aqui gostava muito que participasses:)
      http://prazeressaudaveis.blogspot.pt/2014/03/1-aniversario-blogue-passatempo-do-1.html

      Beijinho

    • 14 Março 2014 / 21:50

      Olá adoro teu blogue:)

      Esta receita esta fantástica tenho de experimentar.

      Aproveito para te convidar no meu passatempo da Receita Saudável que está a decorrer aqui gostava muito que participasses:)
      http://prazeressaudaveis.blogspot.pt/2014/03/1-aniversario-blogue-passatempo-do-1.html

      Beijinho

    • Maria João Nogueira
      14 Novembro 2014 / 0:34

      Jà tenho comprado arroz preto em Lisboa, numa loja chamada “Oil & Vinager”

    • Maria João Nogueira
      14 Novembro 2014 / 0:34

      Jà tenho comprado arroz preto em Lisboa, numa loja chamada “Oil & Vinager”

    • Maria Inês Ferreira
      09 Novembro 2015 / 18:38

      Esse arroz também se pode comer cru, se gostarem de comida raw…
      Basta demolhar durante a noite e de manha ele já «bebeu» a água toda! Fica óptimo com bróculos, couve flor ou cenoura crus também e picados com molho (maionese de soja por exemplo) 😉 (experimentei no Olokum, em Torres Vedras, muito bom!)

    • Kuri
      15 Junho 2016 / 21:23

      Como não tinha arroz preto, experimentei com arroz selvagem e… YammY! Ficou uma delícia.

    • Kuri
      15 Junho 2016 / 21:23

      Como não tinha arroz preto, experimentei com arroz selvagem e… YammY! Ficou uma delícia.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Receitas que merecem destaque