Estufado de feijão vermelho com abóbora e couve Galega

Estufado de feijão vermelho com abóbora e couve Galega

Pratos principais eacompanhamentosed-amine-

Pratos Principais & Acompanhamento

Estufado de feijão vermelho com abóbora e couve Galega

Abóbora, Couve Galega, Feijão vermelho, Leguminosas, Massa, Tomate,
Tempo de preparação 30 minutos
Dificuldade
2 Numero de Porções: Pratos principais eacompanhamentosed-amine-Pratos principais eacompanhamentosed-amine-
2
7 Fevereiro, 2018
/
0

Porque também fazem falta receitas mais simples, para o dia-a-dia, esta semana partilho-vos este humilde estufado de feijão e massa com molho de tomate picante, e abóbora e couve salteadas com vinagre balsâmico, limão e alecrim.

O procedimento desta receita começa por sugerir saltear a abóbora e a cebola num pouco de azeite. Para contrabalançar a doçura da abóbora, é adicionado o vinagre balsâmico e, de seguida, um pouco de limão, e algumas ervas aromáticas. Posteriormente é feito o molho de tomate simples, ácido, mas ligeiramente apimentado pela adição das especiarias mornas (cominhos, paprica e piripiri), que vai envolver de sabor as conchinhas e o feijão vermelho cozidos.

Antes da adição do feijão, poderiam ter sido adicionados os vegetais na base do estufado mas, pessoalmente, não aprecio tanto a couve amolecida no molho de tomate ácido, cozida a baixa temperatura… Optei por saltear os vegetais numa quantidade mínima de gordura de adição, a uma temperatura elevada, caramelizando-os para um sabor mais intenso e complexo e, também, para a couve manter uma consistência mais tenra.

No planeamento da receita, tive também em conta a sazonalidade dos vegetais a ser incorporados, e decidi incluir a abóbora. É um vegetal (tecnicamente trata-se de uma fruta), que considero ser extremamente conveniente por ter uma menor perecibilidade. Pode ser confecionado até algumas semanas após a compra o que para mim é uma vantagem, pois nem sempre respeito os planos das receitas que pretendo por em prática… E, claro, porque a abóbora pode ser preparada de inúmeras formas desde sopas ou estufados, pode ser cozida a vapor, salteada ou até assada, de forma a concentrar o seu sabor.

Enquanto a casca da abóbora previne que se deteriore rapidamente, também exige mais tempo de preparação, especialmente em preparações culinárias onde este passo é imprescindível, como na elaboração de um creme de abóbora aveludado, ou num estufado. Quando asso a abóbora, muitas vezes não a descasco, porque a pele acaba por amolecer enquanto a abóbora coze que, a par da polpa cremosa, até fornece algum contraste de texturas. Para cortar a pele grossa, uso uma faca afiada e, preferencialmente, serrada. Segundo o aspeto da pele, também podemos julgar a qualidade de uma abóbora. Enquanto a descoloração e relevos são normais, partes amolecidas ou cortes poderão indicar um maior estado de detioração. Para além deste cuidado na compra, também procuro uma abóbora que sinto que seja pesada para o seu tamanho, e armazeno num local seco, escuro e frio, até a utilizar.

Por fim, voltando à receita, envolvi os vegetais no estufado e juntei algumas ervas aromáticas frescas. Guarneci com frutos gordos tostados, um passo opcional, mas gosto do contraste de texturas que as nozes, avelãs ou amêndoas oferecem nestes pratos e, claro, do sabor nutty, amargo característico das oleaginosas, e o tostado. Deixo este passo ao vosso critério, e deixo também algumas variações no final da receita, para aumentar o leque de opções!

Estufado de feijão vermelho e massa em molho de tomate picante, com abóbora e couve Galega salteadas

2 porções | 30 minutos

80 g de massa, pode ser em conchas, ou outros formatos

1 colher de sopa de azeite
1 cebola roxa, descascada e cortada em cubos
½ abóbora-menina pequena (300-400 g), descascada e cortada em cubos
1 colher de sopa de vinagre balsâmico
Raspa e sumo de ¼ de um limão
1 colher de chá de folhas de alecrim, picadas
¼ colher de chá de cominhos em pó
½ colher de chá de colorau ou paprica
2 dentes de alho, picados ou laminados
4 a 5 folhas de couve Galega, cortada em tiras

1 lata (400 g) de tomate pelado
½ colher de chá de cominhos moídos
½ colher de chá de colorau/paprica
1/8 colher de chá de piripiri
1 lata (260 g) de feijão vermelho cozido, escorrido
2 colheres de sopa de salsa fresca picada
Uma pitada de sal e pimenta preta acabada de moer, a gosto

Procedimento:
1. Comece por cozer a massa de acordo com a instruções da embalagem. Escorra a massa e reserve.
2. Numa frigideira antiaderente, em lume médio, aqueça o azeite e junte a cebola roxa e a abóbora-menina, cortadas em cubos, e o vinagre balsâmico. Salteie durante cerca de 5 minutos, juntando 1 a 2 colheres de sopa de água, se necessário. Junte a raspa e sumo de limão, o alecrim, os cominhos, o colorau, o alho picado, e salteie mais 5 minutos, mexendo frequentemente. Assim que a abóbora começar a amolecer, e as faces douradas, junte as couves, cortadas em tiras. Ajuste os condimentos a gosto, e deixe a couve cozer uns 2 a 3 minutos, até amolecer ligeiramente. Transfira os vegetais para um prato e reserve.
3. Na mesma frigideira, aqueça o tomate pelado e junte os condimentos indicados. Deixe o molho de tomate reduzir, em lume brando, durante cerca de 10 minutos. Junte o feijão cozido e, posteriormente, junte a massa. Envolva, ajuste o tempero a gosto e junte, por fim, o salteado de couve, e salsa picada.

 

Variações:

Cenoura e couves-bruxelas com molho de soja: No passo 2, no lugar da abóbora, junte 2 cenouras cortadas em fatias e 10 couves-bruxelas cortadas ao meio. Em vez do vinagre balsâmico, junte 1 colher de sopa de molho de soja e aumente a quantidade de sumo e raspa de limão para metade.

Pimentos e arroz: Omita o passo 1. No passo 2, no lugar da abóbora, junte 1 pimento vermelho e 1 pimento amarelo, cortados em fatias. Passados 5 minutos, junte também 1 curgete pequena cortada em fatias. Omita a couve Galega e, em vez de salsa, junte manjericão cortado finamente picado. No passo 3 junte os vegetais ao feijão e sirva por cima de arroz, a gosto, e acompanhado de uma salada de rúcula.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Receitas que merecem destaque