Massa com molho de feijão branco

Massa com molho de feijão branco

Pratos principais eacompanhamentosed-amine-

Pratos Principais & Acompanhamento

Massa com molho de feijão branco

Azeitona, Caju, Ervilhas, Espargos, Feijão branco, Leguminosas, Levedura nutricional, Massa, Pinhões,
Tempo de preparação 75 minutos
Dificuldade
3 Numero de Porções: Pratos principais eacompanhamentosed-amine-Pratos principais eacompanhamentosed-amine-Pratos principais eacompanhamentosed-amine-
2
25 Abril, 2018
/
2

A receita desta semana é um molho para envolver massa mas, desta vez, com recurso a leguminosas para fazer um molho cremoso e rico em sabor.

O procedimento desta sugestão é bastante simples e direto: basta saltear alho e piripiri em azeite, juntar o feijão com o caldo de cozimento, triturar até obter um molho cremoso e suave, e está pronto a juntar a qualquer tipo de massa!

De forma a dar mais sabor ao feijão, o principal ingrediente do molho, cozi-o em água abundante juntamente com alguns ingredientes aromáticos como aipo, cebola, alho, alecrim e louro. Após a cozedura, retirei os vegetais e as ervas aromáticas, aproveitando o feijão e, também, o caldo de cozimento, que concentra o sabor de todos os elementos aromáticos.

Servi a massa com o molho quente, juntamente com alguns vegetais salteados da época, como espargos e ervilhas e, guarneci com a receita alternativa ao parmesão que vos deixo abaixo. Por fim, recomendo que não façam doses generosas desta receita porque não resulta bem reaquecida.

Massa com molho de feijão branco

2-3 porções | 75 min | Dificuldade: 1/5

100 g de feijão branco cru, demolhado durante a noite
1 cebola, cortada ao meio
1 talo de aipo
1 cenoura
1 cabeça de alho (retire 3 dentes, descasque e lamine)
2 raminhos de alecrim
1 folha de louro
2 colheres de sopa de azeite
¼ colher de chá de piripiri
½ chávena (120 mL) + 2 colheres de sopa de água de cozimento, ou, caldo de legumes
150 g de massa, a gosto
Sal e pimenta preta acabada de moer, a gosto
¼ chávena de manjericão, ou outras ervas aromáticas picadas, a gosto

Procedimento:
1. Coloque o grão-de-bico numa panela grande com água abundante (que cubra uns 5 cm acima do feijão) e junte o alho com casca, a cebola, o aipo, a cenoura, o alecrim e a folha de louro. Leve à fervura, reduza o lume e junte água conforme necessário. Coza durante cerca de 1 hora, até os feijões ficarem macios. Assim que os feijões estiverem cozidos, escorra a água de cozimento, reservando-a para fazer o molho, e descarte a cebola, o alho e as ervas aromáticas.
2. Coza a massa de acordo com as instruções da embalagem até al dente. Escorra a água de cozimento, e reserve a massa.
3. Numa panela média, aqueça o azeite juntamente com o alho laminado e o piripiri. Frite em lume médio durante cerca de 2 minutos, mexendo frequentemente. Junte o feijão branco e o líquido de cozedura, e leve à fervura. Retire do lume e, com o auxílio de uma varinha mágica triture até obter um molho cremoso. Se o molho estiver muito espesso, junte mais água de cozimento. Volte a ligar o lume, médio, e junte a massa cozida. Deixe cozer mais uns 2 a 3 minutos, para o molho engrossar e envolver a massa. Ajuste os condimentos a gosto e junte, por fim, o manjericão picado e um fio de azeite.

Servir com espargos e ervilhas salteados com alho, e um topping de azeitona e caju.

Quando uma receita constitui uma alternativa, o objetivo não é mimetizar sem sucesso sabores ou texturas de ingredientes ou pratos com produtos de origem animal mas, captar algo nessa mesma receita que enalteça alguma característica dos ingredientes vegetais que se assemelhe em alguma qualidade ou função, ao original. Sendo que, deve ser sempre, independentemente das semelhanças, algo delicioso por si só!

Nesta publicação, aproveitei também para vos deixar uma receita de uma alternativa (e não um substituto) ao parmesão, que oferecesse um sabor intenso, uma textura interessante, e que tivesse sempre lugar à mesa como um topping delicioso que finalizasse alguns pratos com um toque salgado e apetitoso!

Ao desenvolver esta receita, deparei-me com uma sugestão de alternativa ao parmesão que incorporava azeitona desidratada e, quis também fazer a experiência para ver se realmente acrescentava algo ao conceito que tinha deste género de receitas. Após algumas experiências com azeitonas frescas, tostadas juntamente com pinhões, e outros ingredientes comuns em receitas deste preparado, como os cajus e a levedura nutricional, consegui uma receita de sabor mais complexo, a nozes, salgado e fermentado das azeitonas, e de textura crocante. O resultado é um preparado que pode ser adicionado a pratos de massa, a sandes, a saladas ou, sopas.

 

Topping de azeitona e caju (alternativa vegana ao parmesão)

Rende 1 ½ chávenas | 30 min

¾ chávena cajus
3 colheres de sopa de levedura nutricional
2 colheres de sopa de pinhões
1 colher de sopa de azeitonas verdes
¾ colher de chá de sal

Procedimento:
1. Preaqueça o forno a 130 °C.
2. Triture, num processador de alimentos, os cajus, a levedura nutricional, os pinhões, as azeitonas e o sal, até completamente moídos.
3. Espalhe a mistura num tabuleiro revestido de papel vegetal. Leve a mistura ao forno durante cerca de 20 minutos, até dourar e ficar bem seca. A meio do tempo de cozedura, deve mexer a mistura para secar de forma uniforme.
4. Deixe o preparado arrefecer, e guarde num frasco limpo, fechado, no frigorífico. Deve ser consumido até ao fim de 1 mês.

    • Simone
      14 Maio 2018 / 18:37

      Oi Marcia, minha amiga vai passar uns dias em Portugal e eu pedi seu livro de presente :).
      A fim de facilitar a compra, você pode me dizer se ele é vendido em livrarias também, além dos sites?

      Abço e parabéns,
      Simone

      Não achei email de contato e resolvi perguntar por aqui.

      • 14 Maio 2018 / 21:00

        Olá Simone,

        Que bom, fico contente! O livro encontra-se também nas livrarias FNAC e Bertrand.

        Abraço!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Receitas que merecem destaque