Muhammara com pão chato

Muhammara com pão chato

Aperitivos Snacks salgadosed-amine-

Aperitivos & snacks

Muhammara com pão chato

Cozinha étnica, Farinha de trigo integral, Nozes, Pão, Pimentão doce,
Tempo de preparação 25 minutos
Dificuldade
12 Numero de Porções: 12x Aperitivos Snacks salgadosed-amine-
2
17 Outubro, 2012
/
31

Depois de ter descoberto o Hummus e o Baba Ghanoush, que são dois patés deliciosos, não poderia deixar de vos dar a conhecer o maravilhoso Muhammara.

O Muhammara é uma pasta doce e aromática de noz e pimentão vermelho assado. Tem origem no Médio Oriente e é geralmente servido com pão (normal), pão pita ou pão chato (alguns tipos de pão árabe).

Sou fanática por este género de comida de barrar no pão (e comer com as mãos), porque acho realmente simples e prática, especialmente quando não posso almoçar em casa e levo-a para qualquer lado sem a preocupação de a ter de aquecer.

Nota: Tradicionalmente o muhammara é feito com melaço de romã, que é uma calda com sumo de romã e açúcar, muito doce. Como é difícil encontrar por cá, substituí por melaço de cana e alguns gomos de uma romã.

Muhammara

¾ chávena (75g) de nozes

2 a 3 pimentos vermelhos

¼ chávena de pão ralado (pode ser facilmente feito em casa, eu torrei uma fatia pequena de pão do dia anterior e de seguida triturei-a no processador de alimentos)

¼ chávena de azeite virgem extra

2 colheres de sopa de melaço de romã (utilizei 1 colher de melaço de cana de açúcar e depois juntei alguns gomos de uma romã)

½ colher de sopa de piripiri em pó

½ colher de chá de cominhos
Sal marinho a gosto

Asse os pimentos no forno pré-aquecido a 200ºC durante cerca de 40 minutos. Deixe arrefecer e retire-lhes a pele.

Para tostar as nozes pode colocá-las numa sertã (sem óleo) e deixar tostar durante alguns minutos até ficarem douradinhas, ou no forno a 150ºC durante 15 minutos (não confiem bem nestes 15 minutos, coloquem as nozes no forno e deem uma espreitadela no forno para ter a certeza de que não estão a torrar demasiado).

Coloque todos os ingredientes num processador e triture até obter a consistência desejada. Se necessário, junte um pouco de água para a pasta ficar mais cremosa e ajuste os temperos a gosto.

Pães chatos de trigo integral

Faz 12 pães chatos

Adaptado de: Food Network

¾ chávena de água morna
1 pacote (cerca de 2 ½ colheres de chá) de fermento seco
½ colher de chá de açúcar (utilizei demerara)
1 ¾ chávena (230g) de farinha de trigo integral
1 colher de chá de sal marinho
1 colher de chá de azeite

De acordo com as instruções do pacote do fermento, ative-o em água morna com açúcar ou junte-o diretamente à farinha. Numa tigela média, misture a farinha e o sal, crie um buraco no centro dos ingredientes secos e adicione a mistura de levedura. Misture os ingredientes, até formar uma massa suave, se necessário, adicionem mais um pouco de farinha. Coloque a massa numa superfície enfarinhada e amasse algumas vezes.
Numa bacia ou tigela maior, coloque o azeite no fundo e a massa. Cubra com um pano e deixe repousar cerca de uma hora.
Volte a colocar a massa numa superfície enfarinhada. Sove-a algumas vezes e divida-a em 12 bolinhas iguais.
Com um rolo da massa amasse cada bolinha de massa num círculo perfeito de 12 a 15cm. Coloque a massa já amassada numa frigideira antiaderente (sem óleo) e deixe cozinhar durante cerca de 2 minutos. Quando a parte inferior lhe parecer cozida e dourada, vire e deixe cozer mais 1 a 2 minutos. Repita este processo para as restantes bolinhas de massa.
Estes pães são melhores servidos assim, ainda mornos e crocantes, mas podem ser guardados no frigorífico e aquecidos novamente na frigideira antes de servir.

Sugestão: Podem adicionar pimenta e ervas aromáticas à massa dos pães para os tornar ainda mais interessantes!

 

English Recipe

Muhammara is a tradicional Midle Eastern spread, and it’s basically made of walnuts and roasted red bell peppers, but it has an amazing sweet and spicy combination of flavors. It is usually served with bread slices, pita or flatbread.

Note: Traditionally Muhammara is made with pomegranate molasses, which is a syrup made with pomegranate juice and sugar. As it is hard to find around here, I replaced by (regular) molasses and some pomegranate seeds.

Muhammara

 ¾ cup (75g) walnuts

2-3 red bell peppers
¼ cup of bread crumbs (can be easily done at home, toast a small slice of bread from the day before and then blend it in the food processor)
¼ cup of extra virgin olive oil
2 tablespoons pomegranate molasses (I used 1 tablespoon of molasses and some pomegranate seeds)
½ tablespoon of red pepper flakes
½ teaspoon of cumin
Sea salt to taste

Roast the peppers in a preheated oven at 200°C (400ºF) for about 40 minutes. Let them cool and remove the skin.
Toast walnuts in a frying pan (no oil) for a few minutes until toasty, or roast them in the oven.
Place all ingredients in a food processor and blend until smooth. If necessary, add a little water to get a creamier paste and adjust seasoning to taste.

Whole Wheat Flat Bread

Makes 12 small flat breads

Adapted from Food Network

¾ cup warm water
1 package (about 2 ½ teaspoons) active dry yeast
1/2 teaspoon sugar (I used demerara)
1 ¾ cup whole wheat flour
1 teaspoon sea salt
1 teaspoon olive oil

In a small bowl, whisk together warm water, yeast and sugar. Set aside for 5 minutes.
In a medium bowl, combine flour and salt. Create a well in the center of the dry ingredients and add the yeast mixture. Bring mixture together, and transfer the dough into a floured surface and knead a few times.
Coat a larger bowl with olive oil and place the dough. Cover with a kitchen towel and allow the dough to rise for 1 hour.
When dough has risen, transfer again onto a floured surface and knead for a few turns to squeeze out the air. Divide the dough into 12 equal pieces.
On a lightly floured work surface, roll each dough piece into a circle. Place the dough in a ungreased, hot frying pan. Cook on one side for 2 minutes, until browned on the bottom, flip and cook for another 1 or 2 minutes on the other side. Remove the flatbread from frying pan and serve warm. Flatbreads can also be refrigerated and served 1 or 2 days after, but reheat them in a warm skillet before serving.

    • 18 Outubro 2012 / 1:37

      Two delicious recipes! The spread/dip is so beautiful – love the ingredients!

    • 18 Outubro 2012 / 1:37

      Two delicious recipes! The spread/dip is so beautiful – love the ingredients!

    • 18 Outubro 2012 / 13:52

      Que delícia! Eu também sou fã deste tipo de pastas e adoro pimento vermelho. O sabor deve ficar exótico com o melaço de cana e romã! Hei de experimentar. Também gostei da receita do pão, ando há imenso tempo com vontade de experimentar este tipo de pão.
      Quanto à BC Comer Bem para Viver Melhor toda gente pode(e deveria!)participar. É só publicar uma receita entre os dias 11 a 17 de cada mês com o legume escolhido e no dia 18 com a fruta escolhida(ainda vou publicar hoje, ufa!). Para o mês de novembro ainda não foram escolhidos o legume e a fruta. Para outubro foi courgette e banana. Achei a ideia interessante e legumes e frutas é o que não falta na nossa alimentação, não é mesmo? Se quiseres participar és muito bem vinda!
      Beijinhos

      • 18 Outubro 2012 / 21:57

        Olá Lina! 🙂 Acho a ideia muito gira, e é uma forma de mostrar a multiplicidade de formas de cozinhar cada alimento! Estou a pensar participar no próximo mês, mas tenho de fazer a receita atempadamente para depois não falhar nos prazos, devido à minha infeliz falta de tempo neste momento…
        Beijinho

    • 18 Outubro 2012 / 14:30

      Hmm que optimo aspecto, eu como adoro hummos acho que vou adorar esta receita! BOa partilha como sempre, beijo

      • 18 Outubro 2012 / 22:01

        Obrigada Marmita! Hummus é um pouco mais leve, considero esta pasta mais “pesada” mas mais saborosa, espero que gostes 🙂
        Beijinho

    • 18 Outubro 2012 / 14:30

      Hmm que optimo aspecto, eu como adoro hummos acho que vou adorar esta receita! BOa partilha como sempre, beijo

      • 18 Outubro 2012 / 22:01

        Obrigada Marmita! Hummus é um pouco mais leve, considero esta pasta mais “pesada” mas mais saborosa, espero que gostes 🙂
        Beijinho

    • 18 Outubro 2012 / 17:37

      Uau, nunca experimentei esta pasta, adorei, é mm o género de sabores que gosto.
      Ainda bem que publicaste.

      Beijinhos

      Sara

      • 18 Outubro 2012 / 22:04

        Ainda bem mesmo, já não publicava nada há algum tempo! E só vi agora o teu último post, que pipocas apetitosas 🙂
        Beijinho

    • 18 Outubro 2012 / 17:37

      Uau, nunca experimentei esta pasta, adorei, é mm o género de sabores que gosto.
      Ainda bem que publicaste.

      Beijinhos

      Sara

      • 18 Outubro 2012 / 22:04

        Ainda bem mesmo, já não publicava nada há algum tempo! E só vi agora o teu último post, que pipocas apetitosas 🙂
        Beijinho

    • 18 Outubro 2012 / 18:32

      Que maravilha de aspecto!
      Eu que adoro este tipo de pastas e hummus, acho que aprovaria a receita 🙂
      Com um toque exótico. Adorei!
      Beijinho.

    • 18 Outubro 2012 / 18:32

      Que maravilha de aspecto!
      Eu que adoro este tipo de pastas e hummus, acho que aprovaria a receita 🙂
      Com um toque exótico. Adorei!
      Beijinho.

    • 19 Outubro 2012 / 18:17

      Fantastic – I’ve never heard of this before. I shall have to do my own version – it sounds utterly delicious.

    • 02 Novembro 2012 / 23:10

      I love Muhammara! I’ve never made it though, and I didn’t know it contained anything as sweet as pomegranate molasses… thanks for suggesting your substitutes for that. 🙂

    • 02 Novembro 2012 / 23:10

      I love Muhammara! I’ve never made it though, and I didn’t know it contained anything as sweet as pomegranate molasses… thanks for suggesting your substitutes for that. 🙂

    • 03 Novembro 2012 / 8:47

      Adoro muhammara! Tenho a sorte de morar na Palestina onde melado de romã se encontra facilmente. Se pudesse te mandava uma garrafinha, Márcia:)

      • 05 Novembro 2012 / 0:25

        Que querida Sandra! Por acaso tenho imensa curiosidade, porque gosto bastante de romãs, mas não consigo imaginar como seria um xarope feito de romã! 🙂

    • 03 Novembro 2012 / 8:47

      Adoro muhammara! Tenho a sorte de morar na Palestina onde melado de romã se encontra facilmente. Se pudesse te mandava uma garrafinha, Márcia:)

      • 05 Novembro 2012 / 0:25

        Que querida Sandra! Por acaso tenho imensa curiosidade, porque gosto bastante de romãs, mas não consigo imaginar como seria um xarope feito de romã! 🙂

    • 03 Setembro 2013 / 1:16

      I don’t even know how I ended up here, but I thought this post was good.
      I don’t know who you are but certainly you’re going to a famous blogger if you aren’t already 😉 Cheers!

    • 03 Setembro 2013 / 1:16

      I don’t even know how I ended up here, but I thought this post was good.
      I don’t know who you are but certainly you’re going to a famous blogger if you aren’t already 😉 Cheers!

    • Marina
      21 Setembro 2014 / 19:26

      Oi Márcia! Descobri o blog faz pouco e estou adorando as receitas! Sabe dizer quanto tempo essa pasta dura na geladeira?

    • Marina
      21 Setembro 2014 / 19:26

      Oi Márcia! Descobri o blog faz pouco e estou adorando as receitas! Sabe dizer quanto tempo essa pasta dura na geladeira?

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Receitas que merecem destaque