Pão de Centeio, Alfarroba e Nozes

Pão de Centeio, Alfarroba e Nozes

PequenoAlmoçoed-amine-

Pequeno-almoço

Pão de Centeio, Alfarroba e Nozes

Alfarroba, Centeio, Nozes,
Dificuldade
1
9 Dezembro, 2016
/
6

Na última publicação do blog, anunciei que estava a desenvolver um livro de culinária vegetariana. Desde então, este projeto tem-me impedido de vos trazer receitas novas nos últimos 3 meses e, por isso, algumas novidades ficaram por contar. Pouco tempo depois da última publicação, defendi a tese de licenciatura, concluindo assim a minha formação em Ciências da Nutrição. Agora aguardo a minha inscrição na Ordem, onde terei de fazer um estágio para aceder à profissão, que me vai ocupar nos próximos meses… E desde a conclusão da licenciatura até bem recentemente, foquei-me no desenvolvimento das receitas e fotografias do livro. Aproveitei o facto de já se encontrarem bastante adiantadas para voltar a publicar receitas, especialmente tendo em conta este mês, e a procura de sugestões para as festas de Natal.

Assim, as próximas publicações vão ser dedicadas às receitas de prato principal e uma entrada para a ceia de Natal, ou para outros jantares de convívio, mas, para já, deixo-vos este pão de alfarroba, centeio e nozes. Partilhei esta receita de pão porque achei que tinham um sabor e aroma especiais devido à combinação de alfarroba, centeio e erva-doce. O pão resultante também é um pouco mais denso devido à inclusão da farinha de alfarroba, que é isenta de glúten e apresenta um conteúdo em fibra mais elevado, mas tentei equilibrar as proporções de farinha de trigo com a de centeio e alfarroba de forma a obter um pão não só rico em sabor, mas que apresentasse uma textura satisfatória, apesar de mais densa.

Para facilitar o processo, utilizei o processador de alimentos com a lâmina de plástico para amassar a massa, mas podem amassar o pão manualmente numa superfície enfarinhada, ou recorrer a uma batedeira com gancho. Para quem dispõe de um processador de alimentos, aconselho a sua utilização nesta receita porque acaba por ser um método mais rápido e fácil para quem não está muito à vontade na elaboração de pão.

Pão de alfarroba, centeio e nozes
Porções: 12
Tempo: 10 horas

Ingredientes:
¾ chávena (105 g) de farinha de centeio T70
½ chávena (70 g) de farinha de alfarroba
¾ chávena (105 g) de farinha de trigo T65 + 1 ½ chávenas (210 g) de farinha de trigo T65
240 + 60 mL de água
1 ½ colheres de chá (7 g) de fermento instantâneo
1 ½ colheres de chá de sal
½ colher de chá de erva-doce
1 chávena (120 g) de nozes picadas

Procedimento:
Coloque ¾ chávena de farinha de trigo T65, a farinha de centeio, a farinha de alfarroba, o fermento, o sal e ½ colher de chá de erva-doce no processador de alimentos. Com o processador em movimento, junte uma chávena de água (240 mL). Coloque a massa numa taça, cubra com película aderente, e deixe fermentar durante pelo menos 6 horas (pode ser deixado a levedar durante a noite).
No processador de alimentos, coloque a massa fermentada e a restante farinha de trigo e triture. Junte a água, 1 colher de sopa de cada vez, até se formar uma bola (cerca de 4 colheres de sopa de água), e posteriormente, as nozes partidas.
Deixe a massa fermentar pelo menos uma 1 hora e meia, numa taça, coberta com película aderente.
Coloque a massa numa forma de pão, previamente untada com azeite, e deixe fermentar pelo menos mais 1 hora.
Coloque a forma num forno pré-aquecido a 180 °C, e coza durante cerca de 30 minutos, até o pão apresentar uma crosta crocante e dourada, ou até a temperatura interna do mesmo rondar os 105 °C.

Compassionate Cuisine - Receitas vegetarianas - Pão de Centeio, Alfarroba e Nozes

Bom apetite...

    • 09 Dezembro 2016 / 23:21

      Um livro seu é uma óptima notícia !
      ( e, parabéns pela conclusão da licenciatura )

    • Márcia Barreiro
      10 Dezembro 2016 / 18:05

      Olá, adoro as tuas receitas, já fiz e voltei a fazer muitas, pois são absolutamente deliciosas, fantásticas, saudáveis e nutritivas. Gostava (quando tiveres um tempinho) que me falasses um pouco da licenciatura que tiraste, eu estou a acabar o 12 ano e vou para a mesma área e gostava que me falasses um pouco. E só uma curiosidade temos o mesmo nome, o mesmo gosto pela profissão e pela cozinha, ahahah… Adoro mesmo as tuas receitas, acho-te espetacular, fico à espera do livro. Beijinhos..

      • 13 Dezembro 2016 / 10:17

        Márcia, vou enviar um e-mail com a minha opinião em relação à licenciatura!
        Muito obrigada pelo comentário! Espero que o livro esteja à altura das expectativas! 😉
        Beijinho!

    • Carolina Costa
      17 Dezembro 2016 / 10:16

      Olá Márcia, antes de mais muito obrigada pelas tuas receitas.
      Tenho uma questão, que fermento instantâneo usas?
      Obrigada 🙂

    • 14 Fevereiro 2017 / 11:41

      adorei seu blog

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Outras Receitas que merecem destaque